CMM

Prevista para ser entregue no final de novembro, de acordo com o cronograma de execução, a obra do prédio anexo da Câmara Municipal de Manaus (CMM) está a todo vapor. O projeto, orçado em R$ 4, 4 milhões contempla a construção de dez gabinetes para abrigar os parlamentares da Mesa Diretora, e obras de adequações em salas do térreo e primeiro andar do prédio principal da Casa.

Os trabalhos começaram em junho e estão sendo acompanhados, em tempo real, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), conforme termo firmado entre os presidentes da CMM e da Corte de Contas, em maio deste ano.

De acordo com o diretor de Engenharia da Câmara, Alfredo Monteiro Vieira, o prédio anexo foi projetado para dar melhor dinâmica e melhor funcionalidade ao parlamento municipal, bem como ampliar o espaço de atendimento à população. “As mudanças foram projetadas durante um ano e a meta é melhorar as condições de trabalho dos parlamentares e servidores e também oferecer serviços de qualidade à população”, afirma.

O engenheiro Alfredo Vieira explica que com a transferência dos gabinetes da Mesa Diretora para o prédio anexo, será feita uma reorganização dos departamentos no prédio principal, ficando o primeiro andar exclusivamente para os gabinetes e salas de comissões e ouvidoria. O segundo andar, vai abrigar os setores administrativos e, no térreo permanecerão as diretorias Legislativa e de Comunicação, além de Cerimonial, protocolo, setor médico, segurança, banco e outros de apoio às atividades de plenário.