Programação Março Lilás, no auditório da Prefeitura de Manaus. Foto: Rebekah Fontes

O Dia Internacional da Mulher já passou, mas as homenagens do dia 08 de Março na cidade de Manaus se estenderão até o dia 30 de março, pois chegou o ‘Março Lilás’, um mês dedicado a todas as mulheres.

Na tarde da segunda-feira (11), o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama do município e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, apresentaram a programação do ‘Março Lilás’. O evento que aconteceu no auditório da Prefeitura, na Zona Oeste, contou com a participação de todas as secretarias do município.

O objetivo da programação é chamar a atenção da sociedade, sobretudo das mulheres, sobre a garantia dos direitos da mulher, o combate à violência doméstica, assédio e também, da importância dos exames preventivos, em especial o do colo do útero, que tem maior incidência de câncer na Região Norte.

Todas as ações são coordenadas pelo Fundo Manaus Solidária, presidido pela primeira-dama do município Elisabeth Valeiko Ribeiro com a participação de todas as secretarias, e visam chamar a atenção da sociedade, sobre a importância dos exames preventivos, em especial o do colo do útero, e também para o combate a violência contra a mulher.

“Não dá para deixar de falar dos casos de feminicídios, nos espancamentos, nos estupros e em todas essas barbaridades que mostram o lado incivilizado do Brasil, deixando claro que outros países se desenvolveram mais nessa questão e que ainda temos esse lado de subdesenvolvimento econômico e social. É um dever de todos nós darmos a volta por cima porque só seremos uma democracia verdadeira quando homens e mulheres forem efetivamente iguais perante leis, empregos e a sociedade em geral”, declarou o prefeito Arthur Virgílio Neto.

A primeira-dama destacou que a Prefeitura de Manaus realiza um trabalho conjunto diariamente voltado à saúde, a proteção e a oportunidade de renda. Ainda segundo ela, no mês de março se intensificam, não só as ações, mas também a divulgação desses trabalhos para atingir um público feminino ainda maior.

“O Fundo Manaus Solidária vai coordenar durante o mês de março diversas ações para as mulheres, inclusive oferecendo cursos de qualificação para que elas possam encontrar sua independência financeira porque isso as fortalece. Queremos mulheres saudáveis, independentes e que conheçam seus direitos e vamos continuar trabalhando para isso”, enfatizou Elisabeth Valeiko.

Programação Março Lilás

A programação inclui palestras, oficinas e debates, informações sobre a rede de proteção feminina existente no Estado, bem como ações de cidadania, com emissão de documentos e a oferta de atendimento psicossocial e orientação jurídica.

Pelo Março Lilás também serão oferecidas qualificação profissional, noções de empreendedorismo, permitindo que a mulher encontre formas economicamente viáveis que a libertem de uma possível dependência econômicas.

Saúde da Mulher

A atenção à saúde integral da mulher ganha reforço durante esse mês. A coleta de exames preventivos é ampliada por meio da oferta do serviço nos centros populares de compras, como o Shopping Phellipe Daou e a Galeria dos Remédios. Além dos exames preventivos, serão ofertadas vacinas contra o HPV, exames de mamografia e consultas clínicas.

Câncer de colo de útero

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), estimam-se a ocorrência de 16.370 novos casos de câncer do colo do útero, para cada ano do biênio 2018-2019 no Brasil e a Região Norte é a mais incidente com 25,62 casos para cada 100 mil mulheres.

O câncer do colo do útero, também chamado de câncer cervical, é causado pela infecção persistente por alguns tipos do Papilomavírus Humano – HPV. A infecção genital por esse vírus é muito frequente e não causa doença na maioria das vezes. Entretanto, em alguns casos, ocorrem alterações celulares que podem evoluir para o câncer. Essas alterações são descobertas facilmente no exame preventivo (conhecido também como Papanicolau), e são curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso, é importante a realização periódica desse exame. [Inca, 2019]