Comando da PM declara tenente coronel desertor por faltar serviços, mas ele garante que pediu exoneração do cargo - Fato Amazônico

Comando da PM declara tenente coronel desertor por faltar serviços, mas ele garante que pediu exoneração do cargo

O Boletim Reservado da Polícia Militar trouxe no dia 6 deste mês uma publicação onde o tenente coronel PM Norberto Rodrigues Mathias, é declarado pelo comandante geral da instituição coronel Gilberto Andrade Gouvêa, desertor. No despacho o oficial ainda é afastado do cargo que ocupava, perde temporariamente o soldo (salário) e a Gratificação de Tropa e fica a disposição da Justiça Militar do Estado.

Pelo crime de deserção, Norberto encontra-se recolhido ao alojamento de oficiais da Diretoria de Apoio Logística (DAL), localizada na Avenida Codajás, no bairro de Petrópolis, na Zona Sul de Manaus.

De acordo com o Termo de Deserção que o Fato Amazônico teve acesso, o tenente coronel Mathias, que exerce a função de chefe do DPA-4 (Promoção de Medalhística), faltou a expediente administrativo, sem justificar ausência.

O comunicado das faltas de Norberto Mathias, foram feitos pela tenente coronel Georgete Ribeiro Silva Magalhães, subdiretora do Departamento Pessoal da Polícia Militar, em documento encaminhado ao diretor da DPA, ela afirma que oficial faltou nos dias 16, 17, 18, 19 e 23 de março.

Oficial pediu exoneração

Mas, em depoimento prestado dia 8 deste mês no Comando Geral da Polícia Militar, Norberto Mathias, há mais de 20 anos de instituição, afirma que ao ser desprestigiado da função de chefe do DPA-4, pelo coronel Carlos, que não permitiu que ele tivesse o direito a uma viatura e motorista, pediu exoneração do cargo.

Garantiu que o coronel Carlos, aceitou seu pedido e disse que iria comunicar o fato ao Comando Geral. Norberto, afirma que se despediu de todos no setor e foi para sua casa aguardar a publicação no Boletim Geral de sua exoneração e a nova nomeação, fato de acordo com ele ainda não ocorreu até hoje.

Norberto, disse que depois de uma semana tomou conhecimento através da redes sociais que em um Boletim Reservado havia publicado sua deserção.

No depoimento Norberto, apesar de oito dias de faltas administrativas disse não ter ficado receoso de uma possível deserção pois confiou na palavra do coronel Carlos, que prometeu dar um retorno de sua situação funcional, mas não fez.

O advogado Francisco Gustavo Távora ingressou no último dia 10, na Auditoria Militar, com pedido de relaxamento de prisão provisória do tenente coronel Norberto Mathias, que encontra-se detido no alojamento de oficiais de oficiais da Diretoria de Apoio Logística (DAL).

Desabafo no Facebook

Em sua página pessoa no Facebook, o tenente coronel Norberto Mathias, fez o seu desabafo pessoal.

Aos companheiros de farda (Uma humilde satisfação)

Minha consciência está em paz, sempre fui, e sempre me esforçarei para ser um bom profissional.

Sou honesto e disciplinado, minha vida é limpa, sou marido de uma só mulher, e um exemplo para os meus filhos e meus companheiros de farda.

Nos meus 25 anos de Polícia Militar sempre exerci minhas funções com toda dignidade e sempre na tropa comandando e executando o serviço policial militar.

Quem me conhece ou trabalhou comigo sabe que não pratico nada, absolutamente nada que seja errado. Odeio a corrupção, me dá nojo só de pensar!

Não sei se minha postura correta e honesta incomoda alguém, no entanto, não posso mudar, faz parte do meu caráter.

Quando olho um policial militar, vejo um amigo, um profissional, um pai de família, um ser humano, por isso, é minha obrigação como Oficial respeitá-los e ser justo, a justiça, por sinal, é a base da minha vida!

A pior coisa que podem praticar contra um ser humano é a injustiça, ainda que sejamos vítima dela, jamais seremos injusto com quem quer que seja.

Apesar das lutas que enfrentamos, estou de cabeça erguida, com a consciência tranquila e em paz e confiante na minha vitória!

Creio acima de tudo na justiça divina, e que no tempo certo toda verdade virá a tona.

Que Deus abençoe a todos os policiais militares e suas famílias!

TC QOPM NORBERTO RODRIGUES MATHIAS