Comerciante que denunciava tráfico de drogas no Cidadão 5, é executada a tiros - Fato Amazônico




Comerciante que denunciava tráfico de drogas no Cidadão 5, é executada a tiros

O assassinato da comerciante Jorgete Oliveira Lucena, 42 anos, ontem à noite, dentro do seu mercadinho, localizado na Rua 222, no Cidadão 5, no Nova Cidade, Zona Norte de Manaus, para a polícia tem características de execução. De acordo com moradores, a vítima, morreu por denunciar o tráfico de drogas que impera na região as autoridades, que nada fizeram e ela acabou sendo morta pelos traficantes.

De acordo com testemunhas, a comerciante, estava sentada em uma cadeira na porta do seu mercadinho, quando um homem encapuzado chegou e foi atirando, ela correu para dentro e o assassino adentrou e matou a vítima no interior do estabelecimento e efetuou três tiros, em Jorgete, que morreu no local.

Moradores informaram que a comerciante sempre denunciava os envolvidos com o tráfico de drogas a polícia e por isso pode ter sido executada a tiros. “Por denunciar os bandidos, acabou pagando com a vida”, disse um morador, que temendo ter o mesmo fim, pediu para não ter o nome revelado.