Comissão de Educação analisa projeto que institui língua inglesa obrigatória na rede pública - Fato Amazônico

Comissão de Educação analisa projeto que institui língua inglesa obrigatória na rede pública

O Projeto de Lei que tramita na Câmara Municipal de Manaus (CMM) e pode tornar obrigatório o ensino da Língua Inglesa para crianças a partir dos quatro anos matriculadas na Rede Municipal de Educação será analisado pela Comissão de Educação (COMED), nesta semana.

De acordo com a autora do projeto , vereadora Therezinha Ruiz (DEM), pesquisas apontam que a melhor idade para aprender um segundo idioma é entre os quatro e dez anos. Ela destacou quanto mais cedo a criança tiver contato com outra língua, mais fácil será o aprendizado. Pelo projeto, na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, o ensino da Língua Inglesa não terá como objetivo a aquisição de conhecimentos gramaticais e os alunos não serão avaliados através de provas.

Segundo Therezinha Ruiz, a ideia, com o ensino do Inglês é “dar oportunidade aos alunos das escolas públicas de ingressar num mundo de descobertas, animando o educando a se comunicar de maneira lúdica no idioma”.

A parlamentar afirmou ainda que a Secretaria Municipal de Educação (Semed) já desenvolve o projeto ‘English for Kids’, que prevê o ensino da Língua Inglesa em formato de curso livre para os alunos com alto rendimento e/ou em situação de vulnerabilidade social dos 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, matriculados na Rede Municipal de Ensino. “O nosso Projeto de Lei vai tornar esse ensino permanente, independente das mudanças na Gestão Municipal”, destacou Therezinha.

Atuando há mais de 35 anos na área de Educação, a vereadora Therezinha Ruiz (DEM) é autora de nove Projetos de Lei ligados ao tema, que foram apresentados durante o primeiro semestre na Câmara Municipal de Manaus (CMM), dentre eles o projeto que define as diretrizes para a inclusão de alunos com deficiência ou com algum transtorno global de desenvolvimento, como o autismo. A lei determina que a prefeitura estabeleça métodos, metas e preparação para a admissão desses alunos na Rede Municipal de Ensino.