Comissão de Infraestrutura aprova projeto de Eduardo Braga que incentiva a criação das redes elétricas inteligentes - Fato Amazônico


Comissão de Infraestrutura aprova projeto de Eduardo Braga que incentiva a criação das redes elétricas inteligentes

Por unanimidade, a Comissão de Infraestrutura do Senado aprovou, esta semana, o Projeto de Lei (PLS 356/2017) de autoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM) que incentiva a implantação de redes elétricas inteligentes no Brasil. As redes elétricas inteligentes permitem monitoramento e gerenciamento do transporte de eletricidade em tempo real, com informações bidirecionais entre o fornecedor e consumidor. O projeto foi encaminhado à Comissão de Ciência e Tecnologia em caráter terminativo.

“O Brasil não se modernizou nos últimos 20 anos ao não possuir uma rede de energia elétrica de baixa tensão inteligente. A eficiência energética não é só para economia de energia nas geladeiras e lâmpadas de led. Precisamos de recursos para investir nas redes de modernização de baixa renda, pois boa parte das perdas técnicas existentes hoje, mesmo no Sul e no Sudeste, ocorrem em função da rede de baixa tensão que o Brasil não conseguiu modernizar”, disse Braga.

Na justificativa da proposta, o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) frisou que essa tecnologia é capaz de proporcionar ao consumidor informações sobre o seu consumo, aumentar a transparência na distribuição de energia elétrica, bem como aperfeiçoar o processo de decisão do consumidor em relação à sua demanda por energia.

A matéria teve como relator o senador Acyr Gurgacz (PDT/RO), que considerou a regulamentação de redes inteligentes no Brasil como medida “necessária e urgente para aprimorar diversos setores do Sistema Interligado Nacional (SIN), como também para aumentar sua economicidade e qualidade”.