biinternational.com.br. Como previa o ministro da fazenda, Guido Mantega, o crescimento econômico no Brasil será modesto, porém, no mercado de trabalho algumas áreas o crescimento será bastante expressivo. Entre as 40 profissões mais promissoras para 2014, segundo recrutadores de 14 consultorias ouvidas pelo Exame.com, o B.I International selecionou 8 das quais, possui excelente programas de especialização. Para facilitar a sua escolha, ao lado da profissão citaremos o MBA/MASTER mais indicado, caso deseja saber mais informações, basta clicar no MBA escolhido. Confira:

FOQ-Tecno

1 – Gestor de Projetos –MBA em Gestão de Projetos e Inovação

A capacidade de organização dos profissionais especializados em projetos é demanda de empresas de todos os setores, segundo Maria Beatriz Henning da Exceed.

O que faz:Responsável pela gestão do projeto no nível macro. “Decide quais as áreas envolvidas, estabelece o cronograma de ação, faz a apresentação e o acompanhamento, além de estabelecer as implementações necessárias”, segundo Fábio Saad, gerente sênior da divisão financeira da Robert Half.

Perfil:Além das certificações da área, formações em exatas são as mais indicadas, mas não é obrigatório.

2 – Gestor de Recursos Humanos –MBA em Recursos Humanos – Estrutura e ProcessosIntegrados ao Negócio

A freada econômica este ano balançou alguns setores. Neste contexto, contratar os melhores e reter os que ficam é essencial. Além disso, os profissionais de RH são demandados para dar suporte ao processo de expansão dos setores mais aquecidos, segundo Carlos Felicíssimo Ferreira, da 4hunter.

O que faz:Recrutamento, treinamento, desenvolvimento e retenção de pessoas. Basicamente, ele tem que pensar em “como transformar todos os discursos em campanhas que engajem e motivem as pessoas”, afirma Luis Gustavo Mariano, sócio da Flow Executive Finders.

Perfil:Formação em administração, economia, engenharia e psicologia.

3 – Diretor Financeiro –MASTER (Pós-MBA) em Governança Corporativa e Avaliação de Empresas

“Em uma economia com baixo crescimento, as empresas tendem a investir principalmente na área financeira, com o objetivo de controlar custos e rever o orçamento”, diz Rafael Souto, CEO da Produtive.

O que faz:Gerencia as áreas financeira e contábil, desenvolve estratégias para contenção de despesas, controle do fluxo de caixa e análise de riscos para a organização.

Perfil:Formação em Economia, Administração, Ciências Contábeis ou Engenharia. Experiência na área financeira de empresas, como tesouraria, controladoria, por exemplo.

4 – Controller –MASTER (Pós-MBA) em Governança Corporativa e Avaliação de Empresas

“Com a economia mais recessiva, as organizações buscam olhar para a área financeira, que é a responsável pelo controle de custos”, diz Rafael Souto da Produtive.

O que faz:Responde pela organização e planejamento financeiro, controlando todo o sistema contábil e gerindo indicadores e controles financeiros/contábeis da empresa, destaca Souto. “É o profissional que precisa entender o passado e planejar o futuro na empresa”, diz Caio De Mase, da Robert Walters.

Perfil:Formação em economia, administração, ciências contábeis, engenharia e direito. Experiência também na área financeira e em auditoria contábil são requisitos. “As empresas buscam especialização na função, se é um controller com experiência naquele segmento e conhece o dia a dia do mercado, ele tem um diferencial competitivo”, diz De Mase.

5 – PMO –MBA em Gestão de Projetos e Inovação

O amadurecimento do mercado de tecnologia no Brasil tornou a figura do Project Management Office essencial. “Se não houver padrão, qualidade, planejamento e controle da execução, elas perdem para a concorrência”, diz André Assef, da Desix.

O que faz:É o líder de uma equipe de gestores de projetos. “Ele centraliza e cuida para que todos os pontos aconteçam dentro de uma padronização e planejamento”, explica o especialista.

Perfil:Formação em engenharias, principalmente engenharia de produção.

6 – Diretores ou gerentes de vendas para mercado de bens de consumo –MBA em Gestão de Vendas e Inovação e MBA em Trade Marketing

O crescimento do poder de consumo das classes C e D puxam os cargos comerciais ligados ao mercado de bens de consumo. “Principalmente produtos de segunda necessidade, como cosméticos”, diz Marcelo Olivieri, gerente executivo da divisão de vendas da Talenses.

O que faz:Gestão comercial de produtos de bens de consumo.

Perfil:Formação superior completa e experiência na gestão de vendas de produtos de bens de consumo. “Na área comercial, a formação pessoal é mais importante do que a técnica”, diz Fábio Saad, da Robert Half.

Marketing-Digital-MBA-Gestao-B.I.International7 – Especialista de marketing com ênfase em redes sociais e e-commerce (comércio) –MBA em Gestão Empreendedora em Marketing Digital

“Muitas empresas estão migrando as verbas publicitárias para as mídias online e adotando estratégias agressivas para posicionar suas marcas no ambiente virtual”, diz Rafael Souto, CEO da Produtive.

O que faz:Responsável por administrar a marca no mundo virtual, lançando campanhas de marketing, gerindo a imagem da organização nas novas mídias e implementando ações de vendas eletrônicas.

Perfil:Formação em marketing, jornalismo, publicidade e propaganda, administração com ênfase em marketing e áreas correlatas. Experiência na área de comunicação/marketing e mídias digitais.

8 – Gerente de expansão para varejo e atacado –MBA em Gestão de Vendas e Inovação e MBA em Trade Marketing

“Mercado de supermercados de varejo e atacado dá sinais positivos”, diz Carlos Felicíssimo Ferreira, da 4hunter, que aposta que a expansão deve se sustentar em 2014.

O que faz:Cria a estratégia de mercado, estuda as regiões com potencial para expansão, e fortalece relacionamento com clientes.

Perfil:“O conhecimento do mercado e a experiência no varejo são mais importantes do que a formação acadêmica”, diz Ferreira.