O Conselho Nacional dos Peritos Judiciais (Conpej) abriu inscrições para três cursos de capacitação em perícia judicial que serão realizados nos próximos meses de março e abril em Manaus. Os cursos tratam dos aspectos técnicos da atividade pericial para que os interessados possam ter conhecimentos e possibilidade de atuar na esfera Judicial e Extrajudicial.

As vagas são para os cursos “Perícia Judicial” e “Cálculo Trabalhista com Excel” – ambos serão realizados nos dias 11 e 12 de março, no hotel Blue Tree Premium, localizado na avenida Jornalista Humberto Calderaro (antiga Paraíba), bairro Adrianópolis. As inscrições também estão abertas para capacitação em “Perícia Grafotécnica”, cujas aulas serão realizadas nos dias 22 e 23 de abril, no Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG), no Manaus Plaza Shopping.

O perito judicial é um auxiliar de Justiça, que atua no esclarecimento de dúvidas técnicas e científica de processos judiciais. O laudo que escreve será uma prova no processo. Para ingressar neste mercado de trabalho não precisa prestar concurso público. A atividade é semelhante ao de um profissional liberal.

O curso de Perícia Judicial é direcionado a profissionais com nível superior completo em diversas áreas do conhecimento que desejam se atualizar no assunto ou estão em busca de novos desafios.

Funcionários e filiados de sindicatos e associações trabalhistas e profissionais liberais de qualquer área de conhecimento podem se inscrever para a capacitação para aplicação de cálculos de processos trabalhistas em planilha do Excel. O objetivo é que os participantes compreendam os aspectos legais de cada verba trabalhista, fiscal e previdenciária e o conhecimento prático na realização dos cálculos das referidas verbas, tanto na fase inicial quanto na fase de execução de processos trabalhistas.

No caso da perícia grafotécnica, esta faz parte da lista de exames periciais solicitados por magistrados. É um meio rotineiramente utilizado como prova técnica para detectar a autenticidade de um documento ou apontar o autor verdadeiro de uma assinatura ou escrita, por exemplo. Processos penais estão repletos de casos em que assinaturas, cartas, datas de documentos entre outros são falsificados.

Podem participar do curso de capacitação em perícia grafotécnica cartorários, bancários, funcionários de empresas de créditos ou outros profissionais liberais de diversas áreas que desejam se atualizar no assunto ou buscam novas oportunidades no mercado de trabalho.

Quem quiser participar dos cursos pode entrar em contato pelos telefones (92) 3087-8152 / 99437 – 9100 / 98149 – 6582 / 98408 – 2512 / 99963 – 6869 ou pelo site am.conpej.org.br para obter mais informações.