Corpo de acusada de tráfico de drogas é encontrado boiando nas águas do igarapé do Tarumã depois de mais de 48 desaparecida - Fato Amazônico

Corpo de acusada de tráfico de drogas é encontrado boiando nas águas do igarapé do Tarumã depois de mais de 48 desaparecida

O corpo da ex-presidiária e acusada de tráfico de drogas Wendy Susy dos Santos Freitas, de 21 anos, que estava desaparecida desde a última terça-feira (24) foi encontrado na tarde desta sexta-feira por um morador que estava de canoa no igarapé no igarapé do Tarumã na Zona Oeste de Manaus. O cadáver que já estava em avançado estado de decomposição e apresentava sinais de tortura pelo corpo foi resgatado por homens do Corpo de Bombeiros.

Erivan Correa de Oliveira, pai da vítima, ao registrar o desaparecimento na delegacia, disse que Wendy saiu da casa onde morava, localizada na Avenida do Turismo, no Bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus, por volta das 16h, da última terça-feira e não mais voltou. Ele disse ainda que Wendy vinha sendo ameaçada há alguns dias por traficantes da área onde morava.

Wendy Susy, foi presa em flagrante por policiais militares na noite do dia 14 de outubro de 2013, juntamente Levy Souza da Silva, com uma porção de entorpecente. Ele foi solto em novembro do ano passado enquanto Wendy, ganhou liberdade em julho de 2014, graças a decisão do juiz Francisco Pessoa Almada, da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes.