Corrida do Arco-Íris será realizada sábado para incentivar a população amazonense a entrar na luta contra homofobia - Fato Amazônico

Corrida do Arco-Íris será realizada sábado para incentivar a população amazonense a entrar na luta contra homofobia

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), realizará no próximo sábado, dia 17, a partir das 17h30, a primeira edição da “Corrida do Arco-Íris” que tem o objetivo de incentivar a população em geral a entrar na luta contra a homofobia.

A largada será realizada em frente ao Comando Militar da Amazônia (CMA) e terá percurso de cinco quilômetros até o anfiteatro da Ponta Negra. Não é necessário fazer inscrição para participar da disputa.

No fim da competição será realizada uma grande festa, no estilo sunset, ao por do sol, a partir das 18h30, no anfiteatro da Ponta Negra, com entrada liberada e a apresentação do DJ espanhol Nacho Chapado, da carioca Ana Paula (rainha das baladas LGBT), do DJ Morais (residente da The Week), do paulista Márcio S. (que atua no D-Edge – em SP – e no SUB – em Manaus) e do amazonense Pedro Gaioto.

A corrida ocorrerá no Dia Internacional de Combate à Homofobia, quando é realizado no mundo todo diversas ações para incentivar o fim do preconceito contra a população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais).

“A Corrida do Arco-Íris foi lançada há dois meses e tivemos a grata surpresa de ter mais de cinco mil inscritos em apenas 48 horas. Como é um evento gratuito, não temos como garantir camisas e kit corredor para todos os participantes. Então, estamos fazemos um chamamento público para as pessoas participarem e mostrarem que não aceitam o crime de homofobia no Amazonas. Porque, antes de ser uma competição, a corrida é um grande ato de cidadania”, disse o secretário da Sejus, Louismar Bonates.