o Nacional saiu aplaudida da Arena da Amazônia, na noite da quarta-feira (27), após vencer o Iranduba por 3 a 0, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Amazonense. Com o resultado, o Leão da Vila chegou a terceira colocação na tabela e garantiu vaga antecipada na semifinal do Estadual.

O atacante, Ray, o meia, Jonas e lateral direito, Bernardo, de pênalti, marcaram para o Naça.

No próximo sábado (02), será dia de clássico Rio-Nal, às 15h30, no estádio Carlos Zamith, último jogo do primeiro turno do Barezão.

O jogo

A partida começou equilibrada, com as duas equipes se estudando e na primeira oportunidade, o Iranduba tenta uma bola aérea, mas o zagueiro do Naça, Deurick, atento, manda ela para longe. Aos 3 minutos, Matheus rouba a bola, passa para Jonas, que tabela com Paulinho e em seguida chuta, mas a zaga tira. A zaga do Iranduba novamente entra em ação, Ray recebe, arranca e manda direto para o gol, mas a bola bate na defesa.

O Hulk responde aos 11 minutos, Natan lança Gabriel que avança, mas a marcação de Jordan é mais forte e André defende com facilidade. No lance seguinte, o goleiro do Iranduba, Tiago Rocha, sai mal, Paulinho Brasília do Naça, aproveita, ajeita e manda de direita, mas a bola bate na defesa.

Aos 15 minutos, Matheus recebe, cruza na área e acha Romarinho bem posicionado, infelizmente, o goleiro consegue se antecipar. Tiago Rocha sai jogando, Luizinho recebe e chuta cruzado, ela passa em frente ao gol de André Regly.

Após a parada técnica, aos 32 minutos, após uma bola sobrada para Bernardo na entrada da grande área, ele visualiza Paulinho na lateral, que cruza na medida para Ray, de cabeça, abrir o placar para o Leão da Vila. Naça 1 x 0 Iranduba.

Aos 34 minutos, Jonas comete falta na entrada da grande área, Linno vai para a cobrança e obriga André Regly uma defesa espetacular, no rebote, a arbitragem marca impedimento do ataque do Iranduba.

Ainda no primeiro tempo, os técnicos decidem mexer nas equipes. Pelo Iranduba sai Pedrinho e entra Vampeta. Já no Nacional, após uma disputa de bola, Matheus sente um estiramento na posterior e sai para a entrada de Marinelson.

Faltavam poucos minutos para o fim da primeira etapa, mas ainda deu tempo para Romarinho dividir uma bola e na sobra Jonas, de primeira, mandar ela para o fundo da rede e ampliar para o Naça. Leão 2 x 0 Hulk.

Segundo tempo

O Naça já começou pressionando e em busca de ampliar mais ainda o resultado, com 1 minuto de jogo, Paulinho tabela com Ray que meteu um chutaço, mas o goleiro bem posicionado defendeu.

O Iranduba mexe de novo, sai Simi e entra o André. No lance seguinte, o Hulk tenta mostrar sua força, mas o goleiro do Naça, como sempre, consegue chegar na bola antes de Caíque. O mesmo aconteceu, um minuto depois, mas, desta vez André dividiu com Branco e colocou ela pela lateral.

Aos 11 minutos, Ray recebe e coloca ela na área, Jonas sem ângulo toca na bola e Romarinho vem de trás de solta o chuta, ela passa por cima do gol. 

Mudança no Naça, sai Paulinho Brasília e entra Fernando.

Aos 18 minutos, Natan do Iranduba, recebe, corta para a direita e chuta, a bola assusta André Regly.

Novamente, o Iranduba mexe no time, sai Branco e entra Guilherme.

Aos 22 minutos, Mineiro recupera a bola, dá o passe para Jonas que enfia para Romarinho que avança deixando os marcadores para trás e dentro da área é derrubado por Klisman e o juiz marca pênalti para o Naça. Bernardo pega a bola, chama a responsabilidade e marca o terceiro do Leão. Nacional 3 x 0 Iranduba.

Aos 34 minutos, o incansável Romarinho cruza e Ray manda ela para o gol, mas o goleiro caído no chão, defende com os pés.

A poucos minutos para o fim do duelo, Lana decide poupar o goleiro do Naça, sai André Regly e entra Gabriel.

Apesar dos acréscimos, quem ainda teve uma chance foi o Naça, Jonas toca para Romarinho que lança Marinelson que deixa Paulinho na cara do gol e ele bate já sem ângulo e ela passa tirando tinta da trave.

Fim de jogo, Nacional FC 3 x 0 Iranduba da Amazônia.

NACIONAL FUTEBOL CLUBE

Técnico: Aderbal Lana

André Regly (Gabriel), Paulinho, Jordan, Deurick, Mineiro, Bernardo, Paulinho Brasília (Fernando), Matheus (Marinelson), Ray, Jonas e Romarinho.

ESPORTE CLUBE IRANDUBA DA AMAZÔNIA

Técnico: João Carlos

Tiago Rocha, Luizinho, Natan, Linno, Pedrinho (Vampeta), Kennerson, Klisman, Caíque, Gabriel, Branco (Guilherme) e Simi (André).

ARBITRAGEM

Reginaldo Vasconcelos Noronha, Anne Kesy Gomes de Sá Guimarães, Kennedy Ramos Lucas e Rivaldo Silva Souza.

PÚBLICO: Presente 391 e Renda R$ 2.290