Compartilhe
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares

Dedé Santana relembrou os tempos de “Os Trapalhões” (1969-1994) durante o “Sensacional”, da RedeTV!, na última quinta-feira (9), e falou do suposto desentendimento que teve com Renato Aragão.

 “Nunca brigamos. É conversa fiada isso aí. Eu sempre briguei com o Renato, desde o começo, mas era briga dele reclamar do horário, ou de eu querer fazer um tipo de filme e ele não”, garantiu o ator.

E continuou, elogiando o colega: “Na realidade ele é o grande cabeça dos ‘Trapalhões’, porque ele sabia que direção tomar. Todos eram iguais, mas ele tinha uma visão… É um cara de negócios mesmo, que sabia botar o rumo na coisa”.

Em determinado momento do bate-papo, o comediante confessou que o beijo que deu em Xuxa no longa “Os Trapalhões e o Mágico de Oroz” (1984), não foi técnico. “Eu falei: ‘Vem cá, eu não sou galã de cinema nem de novela, né? Não sei dar beijo técnico. Como é que eu faço?’. Ela falou assim: ‘lasca!’. Quando terminou, fui lá falar com ela: ‘Xuxa, como é que foi o beijo?’. Ela falou: ‘foi xoxo’”, contou. (MSN)


Compartilhe
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares