Defesa Civil registra o Juruá como o 18º município do Estado em Emergência - Fato Amazônico

Defesa Civil registra o Juruá como o 18º município do Estado em Emergência

O município de Juruá teve o decreto de Emergência aceito hoje, 23 pela Defesa Civil do Amazonas. Por estar geograficamente localizado na parte alta da calha do Juruá, o município foge do ciclo natural de enchente naquela região, normalmente afetada no mês de fevereiro. A cidade sofre a influência direta da calha do Médio Solimões que já está em Alerta.

Juruá tem 3.581 pessoas afetadas e vai compor o cronograma de atendimento humanitário da Defesa Civil AM. Ao todo já foram distribuídas 363 toneladas de alimentos não perecíveis e mais kit´s dormitórios (colchões, redes, mosquiteiros), kit´s de higiene pessoal, medicamentos, filtros de água e hipoclorito de sódio. Em todo o Amazonas 22.116 famílias foram afetadas em 19 municípios em anormalidade por conta da cheia (18 em Situação de Emergência e um em Estado de Calamidade Pública).

O Estado também fez o repasse em dinheiro as Prefeituras Municipais de Boca do Acre, Envira, Itamarati e Eirunepé, no valor total de R$ 1,250 milhão, para ser usado no socorro às vítimas.

Balanço Geral da Enchente 2015

Estado de Calamidade Pública

1. Boca do Acre-Purus

Situação de Emergência

1 Itamarati-Juruá

2 Guajará-Juruá

3 Ipixuna-Juruá

4 Eirunepé- Juruá

5 Envira- Juruá

6 Juruá-Juruá

7 Canutama-Purus

8 Tapauá-Purus

9 Carauari-Purus

10 Pauiní-Purus

11 Lábrea-Purus

12 Atalaia do Norte- Alto Solimões

13 BenjaminConstant-Alto Solimões

14 Tabatinga- Alto Solimões

15 Amaturá – Alto Solimões

16 Santo Antônio do Iça- Alto Solimões

17 São Paulo de Olivença- Alto Solimões

18 Tonantins – Alto Solimões

Situação de Alerta

1 Humaitá-Madeira

2-Fonte Boa- Médio Solimões

3-Uarini- Médio Solimões

4-Alvarães- Médio Solimões

5-Tefé- Médio Solimões

Pessoas Afetadas- 110.610

Famílias- 22.116

Total de Ajuda Humanitária do Governo- 363 toneladas de alimentos não perecíveis, além de kit´s dormitório (colchões, redes, mosquiteiros) kit´s de higiene pessoas, medicamentos, filtros de água, hipoclorito de sódio.

Repasse Financeiro

Boca do Acre-R$550,000

Envira- R$200,000

Itamarati- R$200,000

Eirunepé- R$300,000

Campanha Solidário- 33 toneladas doadas.

Instituições doadoras: SEAS, Fundo de Promoção Social, Universidade da Terceira Idade, Café do Norte, Susam, Grupo Infantil Vida e Arte (projeto GIVA) em parceria com a Escola Municipal João Alfredo, localizado no Bairro da Paz, Centro Educacional Século e populares.