Desde a escolha da lista sêxtupla do Quinto Constitucional 2018, Délcio Santos, era apontado como favorito (Foto Raphael Alves-TJAm)
Compartilhe
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares

O governador Amazonino Mendes, não precisou dos 20 dias para escolher o novo desembargador que irá compor o Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas, o advogado Délcio Luís Santos, que na manhã desta quarta-feira obteve 22 votos ocupará a 26° vaga da corte da justiça amazonense.

O advogado foi o escolhido pelo governador cerca duas horas depois da escolha da lista tríplice pelos desembargadores em sessão extraordinária nesta quarta-feira.

O Diário Oficial do Amazonas de hoje já trouxe o decreto assinado pelo governador Amazonino Mendes.

Délcio Luís Santos foi o mais votado da lista sêxtupla do Quinto Constitucional 2018 quando 6 mil advogados foram no dia 26 do mês passado ar urnas que definiu a lista encaminhada ao Tribunal de Justiça do Amazonas.

A última nomeação de advogado para o quinto constitucional ocorreu em 9 de dezembro de 2004, com a entrada de Domingo Chalub na vaga de desembargador. Ele foi escolhido pelo então governador Eduardo Braga. E o seu ingresso na magistratura estadual ocorreu também em processo de aumento do número de vagas para desembargador, que saiu de 14 para 19 em 2004. Naquele mesmo ano, a desembargadora Socorro Guedes também foi empossada pelo quinto constitucional, na vaga destinada ao Ministério Público.


Compartilhe
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares