Delegada Joyce Coelho

A titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA) da Polícia Civil, delegada Joyce Coelho, alerta para a importância das denúncias de crimes que tenham como vítimas crianças e adolescentes. Após as comunicações pela própria vítima, as denúncias correspondem ao segundo maior volume de casos analisados pela Especializada.

“A importância da denúncia é a contenção desse tipo de violência (física, psicológica e sexual contra crianças e adolescentes). Ela nos ajuda a reprimir esse tipo de ocorrência para que isso não se torne um costume, um fato que não se pune e a pessoa (infrator) acha que deve continuar fazendo”, disse a delegada.

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), em 2018 houve um aumento de 17,93% no número de notificação de crimes contra crianças e adolescentes. Em 2017,  foram registrados 686 crimes desta natureza. Este número saltou para 809 no ano passado.

Dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos apontam que de 2011 até o primeiro semestre de 2018 foram recebidas 22,3 mil denúncias referentes a crimes contras crianças e adolescentes no Amazonas. 

Para a delegada Joyce Coelho, o número de denúncias acaba refletindo no aumento do número de crimes investigados. “Quando recebemos uma denúncia, obrigatoriamente checamos porque cuidamos de crimes sérios, onde as vítimas são crianças protegidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e pela Constituição. Então é obrigação da Delegacia, como órgão de repreensão e de proteção, checar se realmente há indícios se os fatos ocorreram para punir os responsáveis e prestar atendimento às vítimas”, explicou.

A titular da DEPCA fez, ainda, um apelo para que as pessoas não façam denúncias falsas. “Temos uma demanda muito grande e não podemos perder tempo com denúncias que não procedem. Então faço um apelo para que as pessoas só utilizem os canais de informação para denúncias verdadeiras”, pediu Joyce Coelho.

As denúncias são recebidas na própria DEPCA, localizada na rua 6, nº 1, Conjunto Vista Bela, Planalto, na zona centro-oeste, pelo e-mail [email protected], pelo telefone (92) 3656-8575, além do Disque 100 do Governo Federal e do Disque Denúncia da SSP-AM – 181, que recebe ligações de todo o Amazonas e funciona 24 horas.

“Nós damos garantia total ao denunciante. Se a pessoa não quiser se identificar, colocamos como denúncia anônima. O importante é a proteção da vítima”, salientou a delegada Joyce Coelho.