O deputado federal Bosco Saraiva (Solidariedade/AM) assumiu na quarta-feira, em Brasília, a presidência da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (Cdeics) da Câmara Federal. Saraiva é o segundo amazonense a presidir essa comissão.

Importante e estratégica função, o deputado federal avalia que uma das principais ações da pasta para o Amazonas, será a blindagem às ameaças que a Zona Franca de Manaus vem sofrendo.

“Blindagem que iniciou com a assunção dos senadores Omar Aziz e Plínio Valério, respectivamente na presidência e vice-presidência de assuntos econômicos do Senado. Neste sentido, a Comissão está para a Câmara, assim como a Comissão de Assuntos Econômicos está para o Senado, em função da Zona Franca de Manaus. Isso significa dizer que teremos o controle de qualquer ameaça à ZFM que chegue ao Congresso Nacional”, avalia o deputado.

Em reunião nesta quarta-feira com o presidente da Suframa, Alfredo Menezes, toda a bancada do Amazonas, por unanimidade, decidiu elaborar uma pauta embasada em três pilares para ser discutida com o governo federal: a volta do PPB (Processo Produtivo Básico) para o Conselho de Administração da Suframa; o descontingenciamento dos recursos que são arrecadados a partir das taxas que a Suframa cobra, uma vez que essa arrecadação vai para Brasília e não retorna para o Amazonas, tampouco aos outros estados alcançados pela Suframa (Acre, Rondônia, Roraima e Amapá); e a Segurança Jurídica para o Modelo Zona Franca de Manaus.

A Cdeics é uma das mais antigas da Câmara Federal, iniciada em 1823, como Comissão de Comércio, Agricultura, Indústria e Artes. Em 1995, o ex-deputado Pauderney Avelino foi o primeiro amazonense a presidi-la. Vale lembrar que, apesar de representar Roraima na Câmara Federal, o deputado do Solidariedade, Otaci Nascimento (eleito primeiro vice-presidente), também é amazonense, nascido em Eirunepé.