Disputa entre Inglaterra e Itália movimentou torcedores em Manaus - Fato Amazônico

Disputa entre Inglaterra e Itália movimentou torcedores em Manaus

Após a vitória por 2×1 sobre a Inglaterra, na Arena da Amazônia em Manaus , o treinador italiano Cesare Prandelli afirmou que a torcida empurrou a seleção italiana para a vitória no primeiro jogo na capital Amazonense. “Foi um jogo épico que vamos lembrar para o resto da vida”, afirmou. No dia anterior à partida ele já havia previsto uma boa interação com o público presente por conta da proximidade das arquibancadas do campo.

Mas Cesare e os jogadores italianos não esperavam os gritos de “olé” da torcida no final do segundo tempo. Com dois gols de Antonio Candreva e Mario Balotelli – eleito o Craque do Jogo, a Itália garantiu a primeira vitória na competição e comemorou com muita empolgação o apito final junto com a torcida. O público presente foi de 39,8 mil pessoas, sendo aproximadamente a metade de torcedores locais.

Sobre o clima de Manaus, os dois técnicos concordaram em afirmar que o calor e a humidade não favorece nenhum time, mas Cesare pontuou que seria importante os times terem um “time out” para se recomporem.

O treinador inglês Roy Rodgson disse que ambos os times tiveram dificuldades de se adaptar, que o desgaste durante o jogo não foi demasiado porque até o final da partida a Inglaterra manteve o ataque ofensivo contra a Itália. Ele alegou que alguns jogadores tiveram câimbras.

Respondendo ao questionamento de um jornalista, Rodgson reafirmou que o tempo de adaptação ao clima não influenciou o resultado da partida, pois os ingleses chegaram a Manaus quase dois dias antes e os italianos somente na véspera. “Nós chegamos um dia e meio (antes), mas eles brilharam”, comentou.

Confira as fotos dos melhores momentos deste jogo.