Dono de imóvel onde funciona UBS, no Rio Preto da Eva, lacra estabelecimento por falta de pagamento de aluguéis - Fato Amazônico

Dono de imóvel onde funciona UBS, no Rio Preto da Eva, lacra estabelecimento por falta de pagamento de aluguéis

Sem receber há cinco meses o aluguel de um imóvel, Antônio Ferreira, proprietário do prédio onde funciona a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Monte Castelo 2, localizada na Rua Plínio Coelho, no Rio Preto da Eva, município da Região Metropolitana de Manaus, resolveu tomar uma medida drástica. Ele lacrou com uma corrente a porta de entrada do estabelecimento impedindo que os funcionários do órgão entrassem para atender os pacientes.

Sem poder entrar na UBS, os funcionários ficaram sentados em frente ao estabelcimento. “O senhor deve está cansado de ser enganado pelo prefeito Dr. Ricardo que trata a saúde do Rio Preto da Eva com total descaso”, disse um servidor que temendo represália, pediu a preservação do nome, afirmando que há meses o proprietário do imóvel onde funciona a UBS vai a Secretaria de Finanças a procura de informações a respeito de pagamento do alugel, mas o secretário Franciso Carlos Alves de Souza, conhecido como "Carlinhos", não se manifesta e nem se quer atende o dono.

Servidores e pacientes da UBS do Monte Castelo não criticaram a atitude do proprietário do imóvel, pelo contrário, afirmaram que o dono está coberto de razão. "Se ele aluga o prédio para a prefeitura tem de receber se não está sendo pago tem de lacrar mesmo o prédio", disse um morador do bairro e paciente da UBS.

O lacre da UBS do Monte Castelo, não prejudica apenas o atendimento dos moradores do bairro, mas também do bairro Morada do Sol, localizado nas adjacências.

A reportagem do Fato Amazônico tentou falar com assessoria de imprensa do Rio Preto da Eva, pelo celular 9919x-5x3x, a respeito da falta de pagamento do aluguel da UBS do Monte Castelo, mas o telefone estava fora da área serviço.