DRCO desarticula laboratório de droga e prende trio no bairro Lagoa Azul - Fato Amazônico

DRCO desarticula laboratório de droga e prende trio no bairro Lagoa Azul

Policiais do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), prenderam ontem (22), um trio responsável por um laboratório de drogas que funcionava dentro de um condomínio, localizado na Avenida Comendador José Cruz, bairro Lagoa Azul, Zona Norte de Manaus.

De acordo com diretor do departamento delegado Rafael Allemand, após um mês de investigação, a equipe prendeu em flagrante o mecânico Fernando de Souza Leal, 23 anos, o taxista Arivan Gomes de Oliveira, 25, e o autônomo Daniel Fabiano Ramos Augusto, 29. Com eles foram apreendidos 10 quilos de substâncias com aparência de skunk e pasta base de cocaína. Além disso, instrumentos para produção de drogas também foram encontrados no local.

Os agentes chegaram ao trio por meio de investigação de outro caso relacionado a roubo de automóveis na zona Norte da cidade. ”Esta zona é a área com o maior número de casos deste tipo. Sabíamos que dois deles tinham envolvimento com roubo e adulteração de veículos, por isso, começamos a levantar informação sobre os indivíduos. Para a nossa surpresa, quando realizamos a abordagem hoje, descobrimos que eles também praticavam o tráfico de drogas na área”, disse a autoridade policial.

Conforme o delegado, primeiramente, os policiais encontraram Arivan saindo de um carro modelo Siena, placas OAA-3881. O veículo estava no estacionamento do condomínio, onde funcionava o laboratório. “No automóvel, encontramos parte da droga. De lá, seguimos em direção a um apartamento, onde estavam Fernando e Daniel. No local, identificamos o restante do entorpecente e constatamos que ali eles também produziam a droga”, complementou Allemand.

O diretor do DRCO disse ainda que o carro revistado na ação foi apreendido. Fernando já possuía passagem por roubo e Arivan responde por adulteração de veículo. Os três foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.