Policiais do Departamento de Repressão ao Crime Organizado prenderam em flagrante, durante ação policial na manhã da terça-feira (5), o sargento da Polícia Militar Hamilton Pereira de Almeida, 38, e o cabo Miqueias Costa Souza, 32 anos, após denúncia anônima. Além dos militares, ainda foram presos Eriomar Frota de Freitas, 20; Francisco de Paula Araújo, 34; Jackson Ferreira dos Santos, 20; Maycon Anderson Moura 42 e dois menores foram apreendidos.

Com o grupo foram apreendidos cerca de 30 quilos de entorpecentes, entre maconha tipo “skunk” e cocaína, além de duas armas, munições e material para embalo das drogas, além de R$ 474 durante ação na Manaus Moderna.

“A gente já investigava esse grupo há um tempo, junto com a Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) e agora a gente deflagrou a operação com o intuito de materializar o crime de tráfico de drogas e, conseqüentemente, a prisão e o encaminhamento à Justiça para que respondam pelo crime. Entre os presos há dois policiais militares, a Corregedoria do Sistema de Segurança Pública já foi acionada para as tratativas”, explicou o delegado Sinval Barroso.

O delegado destacou que durante a madrugada (5), os policiais civis do DRCO haviam recebido informações de que os infratores aguardariam um carregamento vindo de Coari, município distante 363 quilômetros em linha reta da capital, na embarcação Leão de Judá.

“Os jovens fazem parte de um time de futebol que vinha para Manaus para supostamente jogar bola, porém, no momento da abordagem, percebeu-se que eles apenas faziam parte do esquema de transporte do entorpecente”.

A equipe do DRCO interceptou os sargentos Hamilton e Miqueias, que estavam em um veículo de cor cinza, modelo HB20. Ambos estavam fardados no momento da abordagem e com eles foram encontrados seis pacotes de maconha tipo “skunk”. Em ato contínuo, as equipes se dirigiram até o bairro Zumbi II, na zona leste da capital, onde apreenderam cerca de um quilo de cocaína pura e material para embalo da droga. As armas pertenciam aos dois sargentos.

Francisco estava em um táxi, modelo Pálio Weekend, e com ele foram apreendidos dois tabletes de maconha. No terceiro veículo, Strada de cor laranja, os demais infratores estavam com uma mala e mais 17 pacotes de entorpecentes.