Dupla é presa com 200 quilos de entorpecentes em condomínio de luxo - Fato Amazônico

Dupla é presa com 200 quilos de entorpecentes em condomínio de luxo

Ação conjunta envolvendo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), o Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e o Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), resultou na prisão de duas pessoas envolvidas com o narcotráfico, ontem (26) por volta das 11h30. O Grupamento de Operações Aéreas (GOA), da Polícia Civil do Amazonas, também esteve presente.

Adriano Jorge Cavalcante da Silva, 24, e Williams Rodrigues Maia, 27, conhecido como “Loirinho”, foram presos na Avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, zona Oeste da capital, após investigações decorrentes de denúncias anônimas acerca do tráfico de drogas em condomínios de luxo.

De acordo com o diretor do Denarc, delegado Samir Freire, desde a madrugada desta quinta-feira, equipes dos órgãos envolvidos estavam monitorando “Loirinho”.

“Os policiais estavam nas ruas seguindo os passos de “Loirinho”. Primeiramente, ele encontrou com Adriano em um posto de gasolina. Do local, o homem saiu em um veículo modelo Ford Ka em direção ao condomínio de luxo, localizado na Avenida Coronel Teixeira. Lá, ele pegou uma quantidade de drogas e retornou à avenida. Quando estava em via pública, os policiais fizeram a abordagem e conseguiram apreender a droga”, informou o delegado.

Após ser questionado sobre o material ilícito, “Loirinho” confessou que havia mais droga em uma residência em construção, situada no mesmo condomínio. Na casa, os investigadores encontraram os entorpecentes, totalizando aproximadamente 200 quilos com características de “skunk”, tipo de maconha fabricada em laboratório, maconha “prensada” e cocaína.

No local, ainda foram apreendidas cinco armas de fogo, sendo uma pistola 100 milímetros; uma pistola 940 milímetros com 20 munições; uma espingarda calibre 12 com cano alongado contendo 23 munições; dois revólveres calibre 38 com numeração raspada, contendo seis munições; apetrechos para preparação da droga (cafeína e baldes); um veículo modelo Hilux, de cor branca e placas NOP-6271 e um Ford Ka Flex, de cor preta e placas NOI-6729.

Os dois foram conduzidos ao Denarc onde, após prestarem depoimentos, foram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas (Artigos 33 e 35, respectivamente, da Lei nº11.343/06) e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito (Art. 16 da Lei nº 10.826/03). Ao término dos procedimentos cabíveis, ambos serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.