DVISA apreende quase três toneladas de alimentos estragados em supermercado na zona Leste - Fato Amazônico




DVISA apreende quase três toneladas de alimentos estragados em supermercado na zona Leste

A Operação Fim de Ano Saudável, deflagrada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com o objetivo de garantir que os consumidores tenham acesso a produtos que não causem risco à saúde, autuou, nesta quinta-feira, 12, mais um supermercado em Manaus por venda de alimentos estragados.

Dez fiscais do Departamento Municipal de Vigilância Sanitária (DVISA), em parceria com a Delegacia Especializada em Defesa do Consumidor, multaram o SM do Brasil Supermercados, próximo à Bola do Produtor do Jorge Teixeira, e apreenderam quase três toneladas de alimentos sem condições de consumo. Foram apreendidos 2.608 quilos de frango e 200 quilos de margarina sem refrigeração correta, além de mais de 50 quilos de salsicha, frango e linguiças suínas sem identificação.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, a população deve estar atenta para alguns cuidados com os produtos alimentícios vendidos nos supermercados, principalmente a conservação e prazo de validade. “Como nosso clima é quente, alguns gêneros alimentícios são mais vulneráveis e se não estiverem na temperatura adequada de refrigeração, descrita na própria embalagem, estão suscetíveis à proliferação de organismos e ficam impróprios para consumo, causando riscos à saúde pública”, afirmou.

O supermercado, situado no local onde funcionava o antigo Friller receberá multa de 1 a 400 Unidades Financeiras Municipais (UFM). Cada UFM equivale a R$ 74,59.

A Dvisa é o órgão municipal responsável pela proteção da saúde da população, através do controle da oferta e comercialização de produtos, de serviços e de engenharia sanitária, o que inclui também a fiscalização do projeto arquitetônico de estabelecimentos de saúde e daqueles que atuam com a manipulação de alimentos ou medicamentos, incluindo consultórios médicos, supermercados e restaurantes.

Segundo o diretor em exercício do Dvisa, Fernando Branco, quando são encontrados produtos perecíveis sem condições de comercialização, eles são recolhidos dos expositores ou prateleiras e devem ser substituídos pelo próprio supermercado. “Depois, o descarte também é feito pelo estabelecimento sobre nossa fiscalização”, afirmou.

A Operação Fim de Ano Saudável vai continuar até o Ano Novo, quando o Dvisa pretende visitar todos os supermercados espalhados pelas quatro zonas da cidade de Manaus. Os consumidores podem fazer denúncias através do telefone 0800 – 092 – 0123 e pelo email [email protected]