Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O primeiro sargento da Polícia Militar, Sallim Alencar, de 48 anos, lotado em Coari, foi morto ontem (27), por volta de 17h com um tiro no pescoço. A autora do disparo é a esposa da vítima identificada como Maria das Graças Andrade Lopes, 30, que matou o esposo depois de ter flagrado em ele entrando no motel El Shaday, na rua Dois de Agosto, no Centro do município de Coari, a 363 quilômetros da capital.

De acordo com imagens de um vídeo divulgado na manhã desta segunda-feira nas redes sociais, o sargento chega ao motel em companhia de uma mulher, ainda não identificada, os dois descem da motocicleta e logo em seguida em outra moto chega a esposa da vítima.

Quando o sargento entra no motel a esposa o aborda e a mulher sai enquanto o casal discute. De repente a esposa consegue pegar a arma do marido e os dois se agarram e ocorre o disparo da arma de fogo.

A mulher, ao perceber o marido caído perto de um carro entra em desespero anda de um lado para o outro, chora joga arma e sobe na moto e sai do local do crime.

Após o assassinato, Maria das Graças fugiu para a casa da mãe dela, quando foi presa.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •