Em final inédita, Sport Recife e Vasco da Gama decidem o título da IV Copa Brasil - Fato Amazônico

Em final inédita, Sport Recife e Vasco da Gama decidem o título da IV Copa Brasil

Manaus (AM) – O Vasco da Gama segue firme em busca do bicampeonato. Atual vice-campeão, o Sport Recife quer subir mais um degrau no pódio. Cruzmaltinos e rubro-negros vão medir forças na manhã deste domingo, dia 30, a partir das 10h (horário de Manaus / 11h horário de Brasília), na decisão da IV Copa Brasil Manaus 2014, competição que está sendo disputada na arena montada no Complexo Turístico da Ponta Negra (Avenida Coronel Teixeira, próxima ao Anfiteatro). Na rodada de semifinais, encerrada há pouco, na tarde deste sábado, dia 29, o ‘Gigante da Colina’, campeão em 2012, bateu o Vila Velha (ES) na disputa de pênaltis por 3 a 1 (Lucão, Igor Mello e Bokinha, marcaram pelos cariocas, Anderson fez pelos capixabas e Anderson Wesley perdeu), após empate em 3 a 3 no tempo normal (Mauricinho, Lucão e Jorginho, pelos vascaínos, Leandrão, Anderson Wesley e Anderson, pelo time de Vila Velha) e 0 a 0 na prorrogação. Antes, na primeira semifinal, o ‘Leão da Ilha’ rugiu alto e tirou o Flamengo na vitória por 5 a 3 (gols de André (2), Juninho (2) e Dieguinho, para os pernambucanos, Bruno Malias, Dino Tambaú e André, para os cariocas). ‘Regente’ da torcida após a vitória, o capitão Jorginho vibrou com o triunfo, mas manteve os pés no chão a um passo do bicampeonato.

– Temos que comemorar, sim, esse grande resultado, vencemos um time fortíssimo e estamos na final. Todos estão de parabéns pela entrega, pela maneira como a equipe se comportou em quadra, lutando, buscando o placar e, com essa torcida empurrando a gente, somos mais fortes. Esse resultado mostra a seriedade do nosso trabalho, este é o quarto ano da competição e estamos na final pela terceira vez, sempre chegando no pódio. Temos um grupo forte, equilibrado e muito unido, que gosta de estar junto, de jogar junto e de vencer junto – frisou o camisa 10.

André, um dos destaques do Sport Recife na competição, também exaltou sua equipe e elogiou o rival da decisão.

– Fico feliz por ter conseguido ajudar esse grupo maravilhoso, consegui fazer dois gols e estamos de volta à decisão. Ano passado, ficamos com o vice-campeonato e essa vitória contra o Flamengo tem um gostinho de ‘revanche’, já que perdemos para eles na final. Tivemos calma para vencer e, agora, vamos com tudo para buscar esse título inédito. O Vasco da Gama é um time fortíssimo, joga com a torcida e precisamos entrar muito atentos, não podemos dar espaços para eles, é uma final e vamos entrar em quadra com raça e coração – afirmou.