A inovação e a transparência marcam a escolha de toadas de galera do Boi-Bumbá Caprichoso para a trilha sonora em busca do título de tricampeão no Festival Folclórico de Parintins em 2019. No total, 88 toadas genéricas foram ouvidas, em Manaus, com transmissão ao vivo no canal do Boi Caprichoso no YouTube, nos dias 02 e 03 de novembro.

Em sistema de votação eletrônica, de acordo com o edital de toadas, 20 jurados, representantes do Conselho de Artes, quadro de cantores, de músicos, de torcidas e demais convidados, participaram da escolha, onde ouviram 02 toadas de Marujada de Guerra, 01 de Amo do Boi, 06 de Rainha do Folclore, 05 de Cunhã-Poranga, 08 de Boi-Bumbá Evolução, 01 de Pajé, 04 de Vaqueirada, 27 de Galera e 30 Livres.

Entre os jurados estavam o presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, vice-presidente, Jender Lobato, coordenador do Conselho Musical, Mauro Antony, a cantora Mara Lima, o Amo do Boi, Prince do Caprichoso, o cantor Klinger Araújo, o levantador de toadas, David Assayag, o conselheiro de artes, Márcio Braz, além de representantes das torcidas e outros segmentos do Boi Caprichoso.

Das 84 toadas, 02 foram reclassificadas como estratégicas e submetidas ao Conselho de Artes para análise. Após a audição das 82 toadas genéricas, em Manaus, cerca de 20 toadas vão para a última fase definitiva, a audição popular, em Parintins, no curral Zeca Xibelão, prevista para o dia 10 de novembro. Durante a audição, aos jurados não são apresentados nem os nomes das toadas nem o nome dos compositores, apenas a letra da toada, bem como do gênero, conforme inscrição.

Na primeira fase, cada jurado pôde lançar notas de zero a dez, bem como as observações de melhoria da obra, a serem utilizadas pelo próprio bumbá, caso a toada seja aprovada ao final de todo o processo de escolha. Para o processo específico de toadas genéricas, de 29 de agosto a 19 de outubro, o Boi Caprichoso registrou 91 toadas inscritas, das quais 77 foram inscrições eletrônicas e 12 inscrições manuais, tanto em Parintins, quanto em Manaus.

Das 91 toadas inscritas, houveram 04 eliminações na fase de análise documental e 03 eliminações por histórico de média de notas em escolhas anteriores.

INSCRIÇÕES ONLINE

O Portal do Compositor recebeu a grande maioria das toadas. A plataforma se consolida, após 06 anos de funcionamento, como o principal captador para o edital de toadas do Boi Caprichoso. Nesse período todo, o portal já ultrapassou a marca de 600 toadas recebidas, o que representa uma economia de 20 resmas de papel (ou 10.000 folhas de A4), 650 envelopes e 650 mídias de CD ou DVD.

Calcula-se apenas o material a ser apresentado pelos compositores, sem contar com o material utilizado pelos processos de votação e escolha.

Há a previsão de que em 2019, as toadas genéricas sejam aceitas apenas pelo portal do compositor. As estratégicas seguem com as duas opções de entrega (física e eletrônica), devido às necessidades de algum anexo contendo pesquisa, defesa e/ou embasamento da composição.

VOTAÇÃO ELETRÔNICA

Antes, as votações para escolha de toadas eram muito manuais, demandavam impressão de planilhas com o nome das obras, nas quais cada jurado lançava a nota em caneta e depois as nota eram lançadas numa planilha, uma a uma, para então se fazer a soma e tirar a média das notas.

As toadas, com notas muito baixas, ou seja, sem qualquer chance de entrar em qualquer processo do boi, poderiam ser reinscritas a cada ano, avolumando ainda mais a quantia de toadas e aumentando o tempo e o trabalho da associação para a audição, votação e apuração das escolhas.

isso tudo depois de um processo de inscrição manual, com verificação de cada toada, uma a uma. Como tudo era muito manual, eram necessárias semanas de audição para que todas as toadas passassem por votação.

A votação eletrônica veio para agilizar essa atividade e foi concebida para ser uma extensão do processo de inscrição online, de forma que, caso todas as toadas fosse inscritas pelo portal, no minuto seguinte ao final do prazo de inscrições, já poderiam ser votadas, uma vez que os sistemas estão integrados.

Como tudo está num único sistema (dados, letra, arquivo de áudio), basta clicar num único botão para que a toada entre em votação, sendo apresentada nas cédulas eletrônicas aonde os jurados, individualmente, através de uma chave de acesso com senha, podem dar suas notas e lançar observações a respeito das toadas.

Nesse momento os votos já estão lançados, aguardando a validação do presidente da mesa apuradora clicar no botão para encerrar a votação daquela composição, par que os votos sejam validados. O presidente também pode cancelar a votação da toada, anulando todos os votos, caso seja necessário.

Ao final da sessão de votação, basta o clique de um botão para que o sistema totalize os votos e calcule as médias. Tudo de forma automática, sem interferência humana.