Equipe amazonense de luta Olímpica conquista 14 medalhas em Brasileiro da modalidade - Fato Amazônico


Equipe amazonense de luta Olímpica conquista 14 medalhas em Brasileiro da modalidade

Atletas amazonenses de Luta Olímpica conquistaram 14 medalhas no Campeonato Brasileiro de Westling Junior 2018, realizado no domingo (20/05), no Rio de Janeiro. A delegação do Amazonas conquistou ainda o 3º lugar no feminino por equipe e o 2º no Estilo Livre masculino. A equipe, composta por 17 lutadores, contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria e Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Foram 14 medalhas, sendo cinco pratas, cinco bronzes e quatro ouros. As medalhas de ouro foram conquistadas pelos atletas Daniel Alves, Anderson Silva, Davi Oliveira e Walter Junior, que também garantiram vaga para disputar o Pan-Americano da modalidade no mês de agosto, no Ceará.

O medalhista de ouro, Davi Oliveira, 19, comentou que fez três lutas difíceis, que estava nervoso, mas a torcida dos amigos fez toda diferença. “Eu estou muito feliz, é claro, mas não foi nada fácil essa conquista. Foram três adversários fortíssimos, mas que consegui vencê-los. Eu estava bastante nervoso, mas meus amigos estavam me incentivando e torcendo para mim, gritando palavras de conforto e eu me acalmei e fiz boas lutas. Agora, vou me focar em treinar ainda mais para o Pan-Americano, pois lá as disputas são de alto nível”, disse.

Com nome de lutador campeão, Anderson Silva, 19, pratica luta olímpica há quase quatro anos e neste domingo conquistou o bicampeonato brasileiro. Para ele, a felicidade é grande, mas é um ouro que dá início a uma nova “pedreira”. “Ganhar é ótimo, estou muito feliz, mas esse ouro não finaliza a conquista, pelo contrário, ele faz começar um outro momento de preparo e dedicação para o Pan-americano. Eu fui campeão no ano passado, conquistei meu bicampeonato este ano e vou focar em treinar muito mais, levar o melhor de mim para essa competição e poder conquistar mais um título para o Amazonas e o Bem agosto”, comentou Anderson.

O Amazonas é o Estado que está entre os melhores da modalidade de Luta Olímpica no Brasil. Após cinco anos ganhando no Estilo Livre masculino no Campeonato Brasileiro, este ano ficou na segunda colocação. Para o técnico e presidente da Federação Amazonense de Luta Livre Esportiva (Falle), Waldeci Silva, a equipe foi bem, mas poderia ter obtido resultados melhores.

“Levando em consideração o número de medalhas, tivemos 100% de aproveitamento, mas contando com as medalhas de ouro, que foi o nosso foco, tivemos 60%, por isso, acredito que poderíamos ter um resultado final melhor. Há cinco anos éramos campeões no masculino do Estilo Livre e agora precisamos melhorar, focar e treinar ainda mais para continuarmos no topo. Faremos um trabalho mais especifico com os atletas que vão para o Pan e com isso alcançaremos bons resultados”, completou Waldeci.

Para o secretário da Sejel, Manoel Almeida, não há dúvidas de que os atletas classificados para o Pan-americano farão ótimas lutas no Ceará. “Os atletas da Luta Olímpica sempre são motivo de orgulho para o Amazonas, tenho certeza de que no Ceará eles estarão, mais uma vez, entre os melhores. Aproveito a oportunidade para parabenizar a todos os atletas que participaram do Brasileiro pelo ótimo desempenho que alcançaram”, afirmou Manoel Almeida.