Ex-cabo da Polícia Militar é executado a tiros no Mutirão - Fato Amazônico

Ex-cabo da Polícia Militar é executado a tiros no Mutirão

O ex-cabo da Polícia Militar, Miramar Bonifácio da Silva, foi executado a tiros na tarde deste domingo, na rua 7, em frente a casa de Carne Fé em Deus, no bairro Amazonino Mendes (Mutirão), Zona Norte de Manaus. Dois homens, ainda não identificados, chegaram em uma motocicleta de cor preta, desceram e foram até uma casa onde o ex-PM, jogava baralho com outros amigos e efetuaram vários disparos de arma de fogo.

De acordo com policiais militares, Miramar, que estava preso no Batalhão de Guarda, foi liberado para passar o final de semana com a família em sua casa, localizada na rua 48B, do Amazonino Mendes.

Miramar Bonifácio, foi preso em novembro de 2011, na Operação Tentáculos, deflagrada pela Polícia Civil em parceira com a Polícia Militar, para prender suspeitos do envolvimento com o trafico de drogas, principalmente na Zona Norte de Manaus, onde ele foi executado hoje à tarde.

Ao todo, foram expedidos pelo juiz Mauro Antony, da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (2ª Vecute), 55 mandados de prisão e 57 de busca e apreensão.