João Campelo, ex-presidente da Associação dos Municípios, deixou o órgão em abril para concorrer as eleições
Compartilhe
  • 162
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    162
    Shares

O ex-prefeito do município de Itamarati, João Campelo poderá ser denunciado ao Ministério Público (MPE) por suposto desvio de R$ 256 mil provenientes da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB). A informação é do vereador Jamerson Nogueira (PSDB), que pretende ingressar com representação junto ao MPE pedindo apuração de suposto desvio de recursos federais destinados à aquisição de produtos para merenda escolar durante a gestão do ex-prefeito.

Segundo o vereador, o primeiro saque efetuado pelo ex-prefeito aconteceu no dia 13 de dezembro de 2016. O valor, segundo ele, foi de R$ 69.863,26. O segundo ocorreu no ano seguinte, ou seja, no dia 11 de janeiro de 2017, no valor de R$ 97.749,70. Ainda no mesmo ano, no dia 15 de fevereiro de 2017 – afirma o vereador -,  o ex-prefeito fez o terceiro saque no valor de R$ 89.202,04.

“O dinheiro foi sacado para pagar os agricultores, mas ninguém pagou ninguém”, disse Jamerson Nogueira. “Nenhum agricultor vendeu produto algum, assim como não recebeu  qualquer pagamento”, completa.

Ainda sobre administração de Campelo, o parlamentar disse que vai pedir abertura de investigações para apurar suposto desvio de recursos da Caixa Econômica Federal envolvendo a construção de 60 unidades habitacionais em Itamarati.

Trajetória política

João Campelo deixou a presidência da Associação Amazonense de Municípios (AAM), função que ocupava desde o ano de 2016, dia 6 do mês passado para disputar as eleições deste ano, ele tentará uma vaga de deputado na Assembleia Legislativa no Estado do Amazonas.

Campelo já foi vereador em Itamarati, município da calha do Juruá, onde também foi vice-prefeito e prefeito por dois mandatos, entre os anos de 2008 e 2016.

Em outubro de 2017, ele assumiu o cargo de diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), onde permaneceu até janeiro de 2018.


Compartilhe
  • 162
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    162
    Shares