Januário Neto, presidente Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (Foto Reprodução do Facebook)

O ex-secretário de Saúde de Itapiranga e atual presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (COSEMS-AM), Januário Neto, será o representante de todas as secretarias municipais de saúde do Brasil na discussão para a reformulação das políticas para a saúde indígena do país. Januário foi indicado pelo Conselho Nacional dos Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS), entidade que representa as secretarias de saúde em nível nacional.

“Foi criado um grupo para fazer uma imersão profunda no sistema de saúde indígena, para verificar a possibilidade de mudanças positivas. Nosso maior objetivo é alcançar resultados mais eficazes e efetivos, diante dos investimentos do Governo Federal na área”, explicou o presidente do COSEMS-AM.

Neste início de governo, circularam boatos que davam conta da desativação do subsistema de saúde indígena atual. Após reunião com cúpula do Ministério da Saúde, em Brasília, o grupo foi criado pra realizar um estudo detalhado e apresentar ao Governo Federal a melhor solução para a situação.

EXPERIÊNCIA

Januário Neto começou sua militância na saúde municipalista no Município de Itapiranga, onde foi secretário de Saúde de 2011 a 2016. “Em Itapiranga, eu tive meu primeiro contato com a gestão de saúde no interior. Vi a dificuldade que é oferecer um serviço de qualidade para a população. Foi um período de aprendizagem e de muita alegria, pois até hoje tenho grandes amigos no município”, lembrou.

Em 2017, Januário Neto assumiu a Secretaria de Saúde de Manaquiri, onde permaneceu até final do ano passado. Atualmente, o presidente do COSEMS-AM ocupa o cargo de secretario de Saúde do Município de Tapauá.