Falta de escrivães no interior do Estado é tema durante homenagem aos profissionais da classe na Assembleia - Fato Amazônico


Falta de escrivães no interior do Estado é tema durante homenagem aos profissionais da classe na Assembleia

Em Sessão Especial, de autoria do deputado estadual Abdala Fraxe (Podemos), realizada ontem (21), no plenário Ruy Araújo, os escrivães da Polícia Civil do Amazonas foram homenageados pelo Dia do Escrivão, comemorado no dia 5 de novembro.

Ao destacar a importância dessa categoria para o sucesso das ações dos delegados e investigadores, o deputado também ressaltou a carência desses profissionais no interior do Estado. Segundo ele, há delegacias nos municípios que não têm escrivão de polícia.

“Esse problema não pode ser ignorado e precisa ser resolvido pelo sistema de Segurança Pública, uma vez que o trabalho do escrivão, embora silencioso, é importantíssimo para que as investigações sejam concluídas com sucesso”, reforçou.

O déficit foi confirmado pelo presidente da Associação de Escrivães de Polícia do Amazonas, Odirlei Araújo. Segundo ele, faltam pelo menos mil profissionais para suprir a carência nos municípios. “Trabalhar no interior do Estado, muitas vezes sem feriado, é extremamente difícil, sem a estrutura e sem os recursos necessários. Ainda assim, o que vemos é a polícia civil, todos os dias, apresentando resultados. Ontem (20) mesmo, foi feita a apreensão de 400 quilos de cocaína em Manacapuru”, destacou.

Na sessão especial foram homenageados os escrivães Raimundo Gadelha, Gustavo Cutrim, Elvira de Fátima, os delegados Cícero da Silva, Adriano Félix e os investigadores Sanio do Amaral e Geraldo do Nascimento Filho com diploma de Honra ao Mérito pelos serviços prestados à Polícia Civil do Amazonas.