Estamos em março e Felipe Melo concedeu sua primeira entrevista coletiva nesta sexta-feira (01/03), na Academia de Futebol. O papo com os jornalistas foi inédito desde maio de 2018, mas o assunto não teve nada de novo: Deyverson.

“Temos conversado com ele. O Deyverson está um pouco é criança. Ele tem seus 27 anos, se não me engano. Para haver uma mudança tem que ter primeiro uma autocrítica, uma vontade de mudar dele mesmo. E eu vejo isso”, afirmou.

O volante do Verdão, um dos líderes do elenco, foi duro ao falar do companheiro, mas se usou como exemplo a ser seguido pelo centroavante. Na última semana, Deyverson concedeu entrevista após ser multado em R$ 350 mil pela diretoria e punido por seis jogos pelo TJD O atleta falou em arrependimento, mas disse que poderia voltar a errar em sua conduta no clube.

“Ele agrega muito, nos ajuda bastante naquilo que se diz campo. É um jogador que quando chegou aqui eu dei uma entrevista e falei: ‘Olha, muita gente falando mal do Deyverson, mas é um jogador que vai ser muito útil porque briga em todas as bolas, no alto, no chão’. Às vezes é até excessiva essa luta. Eu sou suspeito para falar porque eu sou fã do guerreiro que ele é. E pronto, é meio caminho andado do que ele quer fazer. Quer mudar e está aberto para ouvir o que temos a dizer. Vai melhorar, tenho certeza disso”, finalizou.

(Gazeta Esportiva)