Fifa e Coca-Cola treinam catadores para atuar nos jogos da Copa - Fato Amazônico

Fifa e Coca-Cola treinam catadores para atuar nos jogos da Copa

Oitocentos e quarenta catadores de materiais recicláveis estão sendo treinados em todo o país, por meio de parceria firmada pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) com a empresa Coca-Cola Brasil, para atuar nos estádios das 12 cidades-sede da Copa do Mundo, que ocorrerá de 12 de junho a 13 de julho. A parceria prevê que a Coca-Cola será a responsável pela ação de gerenciamento de resíduos sólidos da Copa da Fifa Brasil 2014.

Hoje (10), 70 catadores da Rede Movimento, que tem 34 cooperativas associadas, participaram de treinamento no Rio de Janeiro. O diretor de Sustentabilidade da Coca-Cola Brasil para a Copa da Fifa, Victor Bicca, disse à Agência Brasil que os 840 catadores farão a coleta seletiva em todos os 64 jogos da Copa.

“Para isso, nós estamos fazendo um treinamento desses catadores, nas 12 cidades-sede. Hoje, nós estamos no Rio de Janeiro, fazendo o nono treinamento. Agora, faltam mais três cidades”. O objetivo, disse Victor Bicca, é assegurar que os catadores tenham todas as orientações para que possam se comportar e exercer de maneira correta a atividade de gestão de resíduos dentro dos estádios. Com isso, ele espera coletar todos os materiais e embalagens que vão ser gerados durante os jogos, para que possam ser destinados à reciclagem.

Após a coleta nos estádios, o material é transportado para as cooperativas parceiras, onde é feita a triagem , isto é, a separação dos materiais que, depois, são encaminhados para as empresas recicladoras. A operação pretende garantir o fluxo completo da reciclagem, que envolve a coleta, triagem e a parte recicladora, para ser base de um novo produto.

Com isso, assegurou Victor Bicca, “a gente está reforçando, que é um dos legados que a empresa quer deixar para depois da Copa, o incentivo da cultura da reciclagem no país e criando um novo patamar de gestão de resíduos dentro dos grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo”.

Os próximos treinamentos de catadores para atuar nos jogos da Copa estão marcados para São Paulo, na terça-feira,(15); Fortaleza, na quinta-feira (17); e Curitiba, na quarta-feira (23). Victor Bicca informou, ainda, que quando começar o período de exclusividade da Fifa, previsto para o dia 22 de maio, os catadores do Rio de Janeiro farão um treinamento ‘in loco’, no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã. O mesmo deverá ocorrer nas demais cidades. O diretor de Sustentabilidade acrescentou que, nessa fase, os catadores darão início à atividade de gestão não só nos jogos, mas desde o começo da gestão dos estádios pela Fifa.

O presidente da Associação dos Catadores do Aterro Metropolitano do Jardim Gramacho, Tião Santos, avaliou, em entrevista à Agência Brasil, que a Copa do Mundo “é um momento ímpar para a gente mostrar para a população não só a capacidade de se promover e executar o trabalho na área de resíduos nos estádios, mas aproveitar também para educar e sensibilizar a sociedade sobre a importância da reciclagem nos grandes eventos e na vida cotidiana das pessoas”.

Tião Santos ressaltou, também, que o evento serve para buscar a valorização e o reconhecimento dos catadores. Das 34 cooperativas que participam do esforço para a Copa, seis são de Gramacho, bairro do município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.