Florinda Meza retoma carreira na web três anos após enviuvar - Fato Amazônico

Florinda Meza retoma carreira na web três anos após enviuvar

Em 30 de novembro de 2014, milhões de pessoas, nos quatro cantos do planeta, acompanharam o funeral de Roberto Bolaños no estádio Azteca, na Cidade do México. Vestida de preto e usando um delicado colar de pérolas, a viúva Florinda Meza era a imagem da desolação. Chorou em vários momento da cerimônia.Três anos depois, ela tenta retomar a vida artística. Passou a conceder entrevistas a talk shows mexicanos e tem se dedicado ao seu canal no YouTube, lançado em agosto do ano passado.

Com 26 mil inscritos e pouco mais de 1,6 milhão de visualizações até agora, a página é monopolizada pela personagem Chimoltrúfia, que a atriz interpretou em ‘Los Caquitos’, esquete que fazia parte do Programa Chespirito, protagonizado por Bolaños do início da década de 1970 até 1995. Na nova versão para a internet, a camareira desajeitada canta – e desafina – enquanto delonga seu trabalho numa mansão em estilo neoclássico. As gravações acontecem em uma das propriedades luxuosas de Meza no México.Quando colocou o canal no ar, a artista, hoje com 68 anos, gravou uma mensagem aos fãs. Falou a respeito de ‘Rober’, como chamava o marido na intimidade.“Ele foi minha grande luz, meu mentor, meu filho, meu pai, meu irmão, meu cúmplice, meu marido, meu amante, meu sócio, meu conselheiro”, afirmou.“Por isso sofri tanto e me custou levantar a cabeça. Porque se foi o meu ‘todo’. Vivi por ele e para ele. Queria triunfar por ele e agradar a ele.”