Fred atinge marca histórica, e Fluminense larga na frente do Botafogo - Fato Amazônico

Fred atinge marca histórica, e Fluminense larga na frente do Botafogo

Gazeta Esportiva – O atacante Fred sempre disse que o Botafogo é seu adversário favorito, porque costuma marcar gols diante do adversário. E a história se repetiu na noite deste sábado, no Maracanã, na abertura das semifinais do Campeonato Carioca. O artilheiro marcou os tentos da vitória do Fluminense por 2 a 1, atingindo a marca das 301 redes balançadas em sua carreira, e fez a vantagem trocar de lado.

Assim, o Tricolor das Laranjeiras pode empatar a segunda partida, marcada para o próximo sábado, para garantir a vaga na decisão. O Botafogo vai precisar de uma vitória por dois gols de diferença para se classificar de forma direita. Se vencer por um gol de diferença, a vaga na decisão vai acontecer na disputa de pênaltis.

O jogo foi muito equilibrado, mas o Tricolor contou com o oportunismo do seu artilheiro para marcar os gols que garantiram a sua vitória. O Botafogo fez um primeiro tempo irregular e só conseguiu ser objetivo quando já perdia por dois gols de diferença.

O jogo – O Botafogo começou a partida, tentando pressionar os tricolores em seu campo, com uma marcação adiantada, mas o Fluminense não se abalou e passou a ficar mais tempo com a bola nos pés. Aos quatro minutos, Fred tentou uma conclusão de voleio e foi bloqueado pela zaga alvinegra. Na sequência, Jobson arrancou em velocidade, se livrou de Henrique e cruzou para Bill, mas Diego Cavalieri deu um tapa na bola e desviou para escanteio.

Aos 15 minutos, o Botafogo desperdiçou outra oportunidade, quando Elvis ganhou de Henrique e a bola acabou sobrando para Bill, livre dentro da área, mas o atacante alvinegro concluiu muito mal, mandando a bola para bem longe do gol defendido por Diego Cavalieri.

O Botafogo continuava mais objetivo e aos 18 minutos, Jobson tentou a arrancada e acabou derrubado por Lucas Gomes, na entrada da área. Na cobrança, Elvis bateu sem levar qualquer perigo para o gol tricolor.

Depois da parada técnica, o Fluminense criou sua primeira chance quando Lucas Gomes cruzou da direita, a defesa do Botafogo hesitou e Gum completou, mas mandou a bola para fora.

O Fluminense apelava para seguidas faltas para impedir a troca de passes da equipe dirigida por Renê Simões.

Aos 23 minutos, Carleto bateu falta e Diego Cavalieri fez defesa difícil, aliviando o perigo. A resposta tricolor veio em arrancada de Lucas Gomes que chutou rasteiro e Renan defendeu com facilidade. Logo depois, o goleiro botafoguense voltou a aparecer bem em cobrança de falta executada por Vinicius.

Aos 29 minutos, Fred errou ao tentar acionar Lucas Gomes e acabou entregando a bola para Carleto que cruzou e Gum cabeceou para trás, dando susto em Cavalieri, mas a bola saiu para escanteio.

O jogo continuou truncado, com erros de passes e muitas faltas, e com muitas reclamações por parte dos jogadores das duas equipes.

Aos 38 minutos, uma desatenção da defesa alvinegra quase proporcionou a conclusão de Vinicius, mas Alisson conseguiu bloquear o chute do meia tricolor.

Mesmo sem jogar bem, o Fluminense saiu na frente aos 41 minutos. Vinicius lançou Gerson nas costas de Carleto e o meia fez um lançamento perfeito para Fred cabecear e colocar a bola nas redes. Foi o gol 300 do artilheiro tricolor.