A Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (Funati) foi o tema da Tribuna Popular da última quarta-feira (07/11), na Câmara Municipal de Manaus (CMM). O debate proposto pela vereadora, Professora Therezinha Ruiz (PSDB) e pelo presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador Wilker Barreto (PHS), trouxe ao conhecimento dos parlamentares as relevantes pesquisas, em âmbito mundial, desenvolvidas a partir de alimentos típicos da região amazônica.

O reitor da fundação, Doutor Euler Ribeiro, médico e pesquisador, compartilhou com os vereadores da capital, a preocupação dele com falta de investimentos para ampliar as pesquisas sobre os alimentos da região que aumentam a expectativa de vida das pessoas.

Euler Ribeiro disse que a Funati tem consigo avanças em suas pesquisas e tem desenvolvido parcerias importantes com universidades brasileiras e internacionais, como por exemplo, a instituições de Portugal, Japão, Canadá e Espanha.

 “A Funati existe há 11 anos é hoje uma das grandes instituições da terceira idade que realizam pesquisas. Ano passado, ganhamos o prêmio nacional de pesquisa científica em São Paulo, por conta a nossa pesquisa do açaí, que estuda o envelhecimento da célula. Hoje, precisamos de incentivos para explorar ainda mais nossas pesquisas”, afirmou Euler Ribeiro.

Segundo o reitor da Funati, o avanço nas pesquisas foi alcançado por conta dos frutos e alimentos da região Amazônica. “Nós colocamos a célula degeneradas no DNA In vitro e colocamos as sirtuínas do açaí junto das células. E em 24 horas todas as células recuperaram o DNA original. Depois foram feitos os testes em camundongos que apresentaram ótimos resultados, revelando que o açaí tem interferência na expectativa de vida. Ainda estamos fazendo mais testes em parcerias com universidades ao redor do mundo e vendo os benefícios dos nossos alimentos como o peixe para o rejuvenescimento das nossas células”, explicou.

Primeiro orador a usar a tribuna, o presidente da CMM, vereador Wilker Barreto (PHS), pediu aos demais aos vereadores que destinassem R$ 20 mil de emendas parlamentares, no orçamento de 2019, para as pesquisas realizadas pela Funati. “Através deste benefício, vamos conseguir expandir e investir em pesquisas importantes para os idosos, evoluindo nas questões de diagnósticos e tratamentos”, justificou Barreto.

A vereadora, professora Therezinha Ruiz (PSDB), destacou o compromisso com os idosos da capital e do interior. “Eu e o Wilker (Barreto) estivemos na Funati e tivemos o prazer de ver o trabalho sendo realizado, mesmo com o pouco recurso, e ficamos muito sensibilizados. O que estamos fazendo é um compromisso com os nossos idosos, e todos nós caminhamos para ter uma velhice saudável”, afirmou.

O vereador e professor Samuel (PHS) foi um dos que se manifestaram na ocasião e parabenizou o trabalho feito pela Funati. “Envelhecer é um privilégio. Ter um órgão como a Funati que se dedica em estudar e dar o melhor para os idosos é de muito bom grado. Todos nos estamos envelhecendo e precisamos envelhecer com saúde”, declarou.

Eleito senador no pleito de 2018, o vereador Plínio Valério (PSDB) se prepara deixar a CMM e garantiu reforçar o coro dos que gritam pela terceira idade no Congresso Nacional. “Esse trabalho que o senhor (Euler Ribeiro) faz é de louvor. Coloco-me a inteira disposição na Câmara Federal para ajudar a Funati”, garantiu.