Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

O Fundo de Previdência Social do Município de Carauari (CarauariPrev) teve na manhã de ontem (17) as contas de 2014 reprovadas por unanimidade pelo Pleno do Tribunal de Contas do Estado e os gestores, da gestão do ex-prefeito Chico Costa, terão de devolver mais de R$ 200 mil ao erário. 

De responsabilidade conjunta dos ex-presidentes Givanildo da Silva Carvalho, presidente de janeiro a agosto, e de Luiz Carlos Cardoso Freire, presidente de setembro a dezembro, as contas não foram enviadas ao TCE durante o tempo previsto, o que ocasionou na abertura de tomada de contas, autorizado pelo tribunal Pleno.

Em seu voto, o relator do processo, conselheiro Josué Filho, determinou que os responsáveis Givanildo Carvalho e Luiz Carlos Freire devolvam aos cofres públicos, respectivamente, R$ 105,1 mil e R$ 127,5 mil, por irregularidades como diferenças negativas em extrato bancário assim como retiradas de recursos, ambos sem a apresentação de documento que identificasse a despesa do fundo, ocasionando dano ao erário.


Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share