“Estamos vendo, tempo a tempo, a degradação do futebol no Estado do Amazonas”. Foi com estas palavras que o vereador Fred Mota (PR) pediu a aprovação, na manhã de ontem (13), do Requerimento 127/2019, de sua autoria. O requerimento, que pede a discussão da atual situação e do futuro do futebol amazonense, foi aprovado por unanimidade no plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM) nesta quarta-feira.

O vereador demonstrou sua preocupação com o estágio atual do esporte amazonense, e comentou que muitas empresas têm feito um bom trabalho apoiando os times da região, como a Samel. No entanto, no seu entender, ainda falta muito para que o esporte chegue num bom nível.

“Ontem, a Samsung anunciou que teve um lucro de R$ 20 bilhões, e grande parte desse lucro foi aqui em Manaus. A Samsung apoia o esporte, apoia time de outros estados e outros países, e sei que pode apoiar o próprio esporte amazonense. Sei que existem condições que o futebol local voltar a envolver os torcedores locais, como aconteceu nas décadas de 1970 a 1990”, salientou.

Aplausos

Ainda durante a ordem-do-dia, o vereador propôs uma Moção Oral de Aplausos ao Colégio Amazonense Dom Pedro II, conhecido popularmente como “Estadual”, pelo seu aniversário de 150 anos. A escola foi fundada em 1869, como Lyceu Provincial Amazonense, pelo então presidente da província do Amazonas, João Wilkens de Mattos, e chegou à sua atual denominação em 1970, no governo de Henoch Reis.

“São 150 anos de história, em que essa instituição tão tradicional recebeu grandes personalidades da nossa história e cultura amazonense, como Jefferson Peres e o poeta Milton Hatoum. A escola merece os nossos aplausos e o reconhecimento por uma história firme e por ser um baluarte na educação do Amazonas”, completou.