Gazeta Esportiva – Muito aplaudido pela torcida ao deixar o campo, aos 30 minutos do segundo tempo, o meia Paulo Henrique Ganso reconheceu que realizou sua melhor atuação desde que foi contratado pelo Fluminense. Depois da vitória sobre o Ypiranga, cercado pelos jornalistas, o meia comentou o gol de barriga e se disse feliz com as comparações com o gol marcado por Renato Gaúcho sobre o Flamengo, na decisão do Campeonato Carioca de 1995.

“Aquele gol do Renato definiu um título para a nossa equipe. Meu gol de barriga serviu para ajudar na classificação”, relativizou.

Em entrevista à Rede Globo, Ganso disse ainda que mais importante do que o seu primeiro gol com a camisa tricolor foi a vitória que garantiu a vaga do Fluminense para mais uma etapa da Copa do Brasil. O jogador confessou que pediu para sair durante o segundo tempo por causa do cansaço e se mostrou otimista com o futuro da equipe.

“O time está melhorando a cada partida, e a gente sabe que tem que vencer sempre”.

Autor do primeiro gol, o atacante Everaldo aproveitou para falar sobre sua permanência no Fluminense. Mesmo se sentindo bem no clube das Laranjeiras e contando com o apoio da torcida, que pediu para que ele fique, o jogador não garantiu nada.

“Não depende só de mim. Depende do clube e do meu representante. Eles estão conversando para definir o meu futuro”.

Everaldo tem contrato com o Fluminense até 31 de maio e o Fluminense precisa pagar para ficar com o atacante, mas ainda não conseguiu o dinheiro e sofre com a concorrência do Cruzeiro, que já demonstrou interesse na contratação do jogador.

“Gostaria muito de ficar, mas a decisão não é minha”.