Governador Omar Aziz assina mensagem que prevê reajuste de 10% para servidores da PGE - Fato Amazônico




Governador Omar Aziz assina mensagem que prevê reajuste de 10% para servidores da PGE

O governador Omar Aziz assinou, ontem, mensagem de Projeto de Lei que estabelece reajuste de 10% nos salários dos servidores da Procuradoria Geral do Estado (PGE), a vigorar a partir de janeiro de 2014. A mensagem prevê, ainda, reajuste de mais 10% em janeiro de 2015. A assinatura ocorreu durante cerimônia de comemoração dos 41 anos da PGE, realizada na sede do órgão, na Praça 14, zona sul.

A mensagem seguirá para votação na Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) ainda nesta semana. Conforme o governador, o reajuste aproxima a remuneração dos procuradores do Estado àquela que é praticada em outras carreiras jurídicas. “Garantindo o reajuste dos procuradores nós retemos excelentes profissionais para prestar um trabalho importantíssimo ao Estado. A procuradoria funciona como a grande advogada do Estado, evitando que milhões saiam dos cofres públicos e, consequentemente, preserva investimentos que podem ser aplicado em outros setores”, disse Omar Aziz.

Na ocasião, o governador também orientou o procurador-geral do Estado, Clovis Smith, a intensificar a elaboração do Plano de Cargos Carreira e Remuneração (PCCR) dos servidores da PGE. “Assim como fizemos com outras categorias acho importante ter este plano para garantir a valorização desses servidores e, principalmente, condições para progressão na carreira e remuneração”, destacou Omar Aziz.

A PGE tem atualmente 86 servidores. Para Clóvis Smith a valorização dos servidores é importante para os trabalhos desenvolvidos na PGE, cuja atuação tem permitido ao Estado evitar perdas de recursos da administração estadual. “Em um único processo, já conseguimos evitar que o Estado perdesse R$ 500 milhões. O trabalho da PGE na defesa jurídica dos interesses do Estado é importante porque temos uma série de processos da mesma natureza que conseguimos evitar perdas”, frisou o procurador-geral.