Greve dos PMs ganha cada vez mais adeptos e movimento fecha parte da Constantino Nery - Fato Amazônico

Greve dos PMs ganha cada vez mais adeptos e movimento fecha parte da Constantino Nery

A greve dos policiais militares, que para a cúpula da segurança era “virtual”, ganha cada vez mais adeptos e na manhã desta segunda-feira o número de policiais militares que tomaram o ginásio Amadeu Teixeira, já ultrapassa o número de mil. Para demonstrar ainda mais força do movimento os PMs fecharam parte avenida Constantino Nery, no sentido bairro/centro, causando um imenso congestionamento na Torquato Tapajós.

A avenida Loris Cordovil, que liga o bairro do Alvorada a Constantino Nery, no trecho que passa em frente a Arena Amadeu Teixeira, já foi fechada por agentes de trânsito.

De acordo com fontes do Fato Amazônico, apenas policiais do Batalhão de Choque, do Comando de Policiamento Especializada, foram os únicos que não compareceram a Arena Amadeu Teixeira para aderirem o movimento grevista.

A fonte disse que o coronel Aroldo Ribeiro, comandante do Policiamento Metropolitano, chegou a comparecer na Arena Amadeu Teixeira, mas foi hostilizado pelos policiais militares.