Greve dos PMs - Governo entra em pânico e manda segurar viaturas e policiais em serviço para que continuem de plantão à noite - Fato Amazônico


Greve dos PMs – Governo entra em pânico e manda segurar viaturas e policiais em serviço para que continuem de plantão à noite

A greve geral dos policiais militares convocada para às 19 horas desta quarta-feira, 13, deixou o governo desnorteado, sem rumo e a tomar decisões de afogadilho horas antes da explosão do movimento.

Ainda a pouco, por volta dás 17 horas, o subcomandante geral da Polícia Militar. Determinou via rádio para todos os comandantes de unidade que fossem informado a quantidade de viaturas empregadas no primeiro turno de hoje, e o nome do comandante da mesma e dos patrulheiros de plantão.

As informações solicitadas, segundo determinação do subcomandante, deverá ser prestada até às 20 horas, horário para o início do segundo turno.

A intenção do comando da Polícia Militar é segurar todo pessoal de serviço no primeiro turno para garantir o patrulhamento ostensivo no segundo turno já que nesse horário é bem provável que todo o contingente policial militar esteja parado.

Por volta das 16 horas, o sub-tenente PM Vones, distribuiu a seguinte nota:

Atenção queridos colegas: hoje à partir dás 19 horas, não haverá policiamento nas ruas de Manaus.
Peço à todos que avisem seus amigos e parentes para que redobrem a atenção, pois sem Polícia nas ruas o perigo será maior.

Por favor repassem para os seus amigos e parentes, os praças da Polícia Militar do Amazonas, entraram em greve, os policiais do segundo turno Não irão para o quartel pra trabalhar, é a fase de faltas coletivas.

Do colega de vcs: sub. Tenente VONES.