Homem de confiança a Família do Norte acusado de matar fuzileiro é preso - Fato Amazônico

Homem de confiança a Família do Norte acusado de matar fuzileiro é preso

Um dos homens de confiança da facção criminosa conhecida como Família do Norte, comandada por João Pinto Carioca, o “João Branco” e “Zé Roberto da Compensa”, Adriano Silva Monteiro, 29 anos, o “Gordinho”, foi preso na madrugada desta terça-feira.

Com ele a polícia um crachá de visitante da Polícia Federal e uma porção de entorpecentes. Ele foi encaminhado ao 12° Distrito Integrado de Polícia, no Parque das Laranjeiras.

Gordinho, é acusado de tráfico de drogas e de matar um Fuzileiro Naval, que não teve o nome revelado. Ao ser preso por policiais militares, eles descobriram que Adriano, tinha dois mandados de prisão preventiva em aberto.

Um da Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Amazonas, assinado pela desembargadora Encarnação das Graças Sampaio Salgado, que revogou a próprio liminar e determinou a prisão preventiva de Adriano.

O outro mandado de prisão preventiva foi expedido no dia 24 de fevereiro deste ano pela juíza Mirza Telma de Oliveira Cunha, da 1ª Vara do Tribunal do Júri.