Idosos participam de programa de atividades físicas e lazer na Ponta Negra - Fato Amazônico

Idosos participam de programa de atividades físicas e lazer na Ponta Negra

Ontem, domingo, 29, as turmas da “melhor idade” que frequentam o Centro de Esporte e Lazer (CEL) situado no bairro Armando Mendes, zona Leste da cidade, participaram das atividades oferecidas pelo programa Viver Bem na Terceira Idade, mantido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel).

Acompanhado por uma equipe da Gerência de Atividades Especiais do órgão, o grupo foi levado ao Complexo Turístico Ponta Negra, onde permaneceu das 8h às 11h, realizando atividades físicas distintas, como alongamento, caminhada orientada, dança e passeio de bicicleta acoplada.

A coordenadora do programa pela Semjel, Laila Almeida, explicou que a iniciativa tem por objetivo tirá-los de um ambiente fechado para que eles possam se exercitar em um dos cenários mais encantadores da cidade, a nossa Ponta Negra.

“Pretendemos, com isso, promover bem-estar e qualidade de vida ao público da terceira idade. Muitos estão tendo pela primeira vez a oportunidade de conhecer um dos nossos cartões-postais. A alegria que percebo em cada sorriso durante as atividades é muito gratificante”, declarou.

No local, acadêmicos do curso de Medicina da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) participaram do projeto realizando serviços distintos, como aferição de pressão arterial e testes de glicemia. Os estudantes tiraram dúvidas e orientaram os idosos sobre a importância de hábitos saudáveis para a qualidade de vida. O Viver Bem na Terceira Idade conta ainda com a parceria das empresas Pedala Mania e Mynt Manaus.

Para a aposentada Helena Gama do Vale, 63, participar das atividades do programa foi uma experiência incrível. “Foi uma manhã muito agradável. Desde a hora em que chegamos em um ônibus cedido pela prefeitura fomos acompanhados pelos professores. Eles nos ajudam a superar as nossas limitações e a recuperar a nossa autoestima”, disse.

O secretário da Semjel, Elvys Damasceno, destacou que a iniciativa está transformando a vida de muitos idosos. ”O programa Viver Bem na Terceira Idade tem a proposta de levar qualidade de vida a esses idosos. A atenção, o cuidado e a inserção no meio social, por meio de atividades físicas, levam muitos benefícios aos participantes do programa”.