Indicativo de greve da PM leva organização da festa do trabalhar a antecipar evento para o dia 30 - Fato Amazônico

Indicativo de greve da PM leva organização da festa do trabalhar a antecipar evento para o dia 30

Apesar do secretário de Segurança Paulo Roberto Vital, ter distribuído nota a imprensa, afirmando que o indicativo de greve de policiais militares, programado para 1º de maio (Dia do Trabalhador), não existe e que os panfleto que estão sendo postados nas redes sociais são apócrifos, qual o antecipação da festa em homenagem aos trabalhadores, que seria realizada no feriado do Dia do Trabalhador, e foi antecipada para o próximo dia 30, à noite, no Sambódromo.

Fontes do Fato Amazônico, afirmam que o principal motivo da antecipação da festa, organizado pela Prefeitura de Manaus, Governo do Estado, centrais sindicais, Força Sindical, Nova Central e União Geral dos Trabalhadores (UGT), é o indicativo de greve dos policiais.

O anúncio da mudança da data foi feito pelos subsecretários da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Social (Semtrad), Paulo Júnior e Vicente Filizzola, que participam da coordenação do evento, além do secretário da pasta, Guto Rodrigues.

Dia 1° de maio haverá greve da policia militar. Não saiam de casa.

Essa paralisação não é contra o Omar que gastou milhões na segurança publica no ronda no bairro. Que na verdade deu o seu dinheiro para Carlinhos Cachoeira dono da Empresa Delta. É pessoal essa empresa mesmo, ela que faz a manutenção das viaturas.

No contrato quando uma viatura baixasse teria que ser substituída por outra. Quando vc vê uma vtr com a câmera p cima ou p baixo, não culpe os policiais que estão nelas. Elas estão assim pq não funcionam, o sistema embarcado nem se fala é só enfeite nunca funcionou por completo no início e agora que não funciona nada.

Mas o governo paga todo mês por cada vtr 15000,00 reais. Cada Cicom tem em média oito setores, é uma vtr p cada setor e duas motos mais uma vtr de recobrimento e a do supervisor de área.

Ah e do comandante da Cicom que não tem nenhuma câmera que é justamente para ele fazer o que quiser mandar o motorista dele levar a esposa e os filhos para onde quiserem (aula, ginástica, shopping, banco, e etc) porque ele pode é o comandante os outros policiais não.

Mas ele ta certo temos que dar apoio aos nossos familiares o governo não da transporte p gente e nem vale transporte.

Vocês já fizeram as contas quantas vtr por Cicom são usadas. São 30 Cicoms x 10 vtrs pelo menos = 300 x 15000,00 reais = 4,5 milhões por mês pelo menos porque não coloquei as motos e as outras OPMs (Força Tática, Rocam, Canil, Choque) então, quando o governo fala que foi o que mais gastou em segurança pública é verdade. 4,5 milhões x 12 meses = 54 milhões por ano pro Carlinhos Cachoeira.

Enquanto que os policiais recebem menos que o custo para manter um preso no presídio. Que não fica fazendo nada. Ah me desculpem ficam formando quadrilhas, postando fotos no facebook, fazendo churrascada, mandando matar os desafetos de dentro da cadeia.

E nós trabalhamos numa escala lascada (3 x 1 e 3 x 2) atendendo e arriscando a nossa vida e dos nossos familiares. Então quando for dia 1° de maio não critique o policial e sim os governantes. Estamos pedindo seu apoio cidadão que luta e quer ter uma sociedade melhor e menos injusta.