Informação de que Festival Folclórico de Parintins teria apenas duas noites é desmentida em nota por Boi Caprichoso - Fato Amazônico

Informação de que Festival Folclórico de Parintins teria apenas duas noites é desmentida em nota por Boi Caprichoso

Os boatos de que o Festival Folclórico de Parintins que este ano completa 50 anos teria uma noite reduzida levou o presidente e o vice do Boi Caprichoso, Joilto Azêdo e Rossy Amoêdo, a distribuírem nota à imprensa onde afirmam que nunca houve conversa com os bumbas e a Secretaria de Cultura a respeito da diminuição das noites do festival de três para apenas duas noites.

“Os bumbás estão em plena construção dos projetos de arena 2015 para apresentação nas noites dos dias 26, 27, e 28 de junho”, diz a nota, afirmando que a informação foi veiculada de forma maldosa para prejudicar o planejamento, as associações folclóricas e consequentemente a imagem do festival. “Tal notícia compromete a captação de recursos e o bom relacionamento junto aos patrocinadores oficiais, assim como pode inviabilizar a organização da festa”, acrescenta.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A diretoria da Associação Folclórica Boi-Bumbá Caprichoso, em nome do presidente Joilto Gomes de Azêdo e do vice-presidente Rossy Marinho Amoêdo, desmente a informação sobre a redução das noites do Festival Folclórico de Parintins no ano de 2015.

Esclarece que nunca houve nenhuma conversa nesse sentido com o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). Os bumbás estão em plena construção dos projetos de arena 2015 para apresentação nas noites dos dias 26, 27, e 28 de junho.

A informação foi veiculada de forma maldosa para prejudicar o planejamento, as associações folclóricas e consequentemente a imagem do festival. Tal notícia compromete a captação de recursos e o bom relacionamento junto aos patrocinadores oficiais, assim como pode inviabilizar a organização da festa.

Entretanto, as associações folclóricas mantêm desde o ano passado reuniões com a SEC para discussões de regulamento. Unidos, os bumbás buscam o fortalecimento da cultura do Amazonas, fonte gerado de renda e recursos para milhares de cidadãos, tanto em Parintins, quanto em Manaus.

O presidente do Boi-Bumbá Caprichoso, Joilto Gomes de Azêdo, classifica a informação infundada e repudia qualquer ato ou atitude que venha prejudicar, denegrir e desabonar o festival folclórico.

Parintins, 29 de abril de 2015.

Joilto Gomes de Azêdo – Presidente