Instituição social em Parintins transforma a vida de famílias carentes - Fato Amazônico

Instituição social em Parintins transforma a vida de famílias carentes

As ações de inclusão social do Centro Educativo Nossa Senhora das Graças, localizado no município de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), está mudando a realidade de famílias carentes na região. As oportunidades criadas por meio das atividades socioeducativas estão entre os principais resultados vistos na vida dos beneficiados.

O trabalho da associação, que existe há 13 anos no município, ganhou um reforço do Fundo de Promoção Social (FPS) do Governo do Amazonas em agosto, deste ano, quando recebeu a reforma e ampliação de novos espaços na entidade. A intenção foi melhorar as atividades que atendem cerca de 600 jovens de bairros carentes da cidade.

Para os moradores, o investimento se traduz em qualidade de vida. A autônoma Damaris Pimentel, 46, já consegue tirar uma renda extra com a venda de almofadas e camisas bordadas que ela passou a confeccionar, após finalizar o curso no centro social. “Já vendi muitos materiais por encomendas e consigo hoje ganhar um dinheiro a mais para ajudar minha família”, conta ela, que tem três filhos se capacitando nos cursos de pintura e desenho na instituição.

A dona de casa Maria do Carmo Oliveira, 42, motiva sempre os filhos a estudarem na associação para ter um futuro melhor. Um dos filhos já estar no mercado de trabalho e, nas horas vagas, faz serviços de pinturas em tela. “Eu sempre digo para meus filhos continuarem a estudar no centro social porque lá eles vão aprender coisas para o resto da vida deles. Quero que os mais novos sigam o exemplo do meu filho mais velho”, conta.

Futuro – A presidente do FPS e primeira-dama do Estado, Nejmi Jomaa Aziz, enfatizou que os investimentos do Fundo geram resultados promissores para as famílias. “O Fundo de Promoção Social vem conseguindo mudar a realidade de muitas pessoas que precisam de melhores condições de vida. E esses projetos aprovados garantem desenvolvimento para o futuro da população do nosso Estado porque são conquistas para gerações de famílias”.

Compromisso – A coordenadora da entidade, Naldilene dos Santos, afirma que as atividades desenvolvidas vão além da formação profissional. “Nossa missão é ensinar princípios de cidadania para a boa formação psicossocial de todos os alunos porque eles precisam ter compromisso com a vida profissional, mas também condutas exemplares na sociedade”, ressaltou.