Instituto Adventista Agro Industrial promoveu os jogos indígenas - Fato Amazônico

Instituto Adventista Agro Industrial promoveu os jogos indígenas

O final de semana passado, no Instituto Adventista Agro Industrial, localizado no quilômetro 74 da estrada Am 010 (Manaus/Itacoatiara), aconteceu os jogos indígenas. No sábado (26), à noite as tribos encontraram-se na quadra onde teve a dança da cadeira e torta na cara com perguntas sobre o tema. Na manhã de domingo (27), o encontro foi no campo de futebol, onde os alunos divididos em tribos competiram no arco e flecha, zarabatana e corrida com tronco.

A zarabatana, é uma prova individual onde o participante se posiciona a 20 ou 30 metros do alvo. O objetivo é atingir o alvo o maior número de vezes. A zarabatana é uma arma artesanal, parecida com um cano de aproximadamente 2,5 metros de comprimento. No orifício do cano (de madeira) se introduz uma pequena seta de 15 centímetros.

O diretor do Instituto, Saulo Machado Albino, foi quem coordenou toda a programação que tinha como objetivo de interagir professores, alunos, pais e moradores do Rio Preto da Eva, que frequentam o Instituto na Am 010.

Saulo Machado, diretor do Instituto, sendo pintado por uma aluna para participar dos jogos