A internet, ao contrário do que muitos podem pensar, não é uma ‘terra sem leis’. Prova disso é que Thyane Dantas acaba de vencer um processo contra uma internauta que fez comentários de ódio sobre ela em uma rede social.

Segundo o jornal “O Dia”, a ação foi julgada na 2ª Vara Criminal da Comarca de Santo André, em São Paulo, e a anônima foi condenada por calúnia e difamação: terá que prestar 96 horas de serviços comunitários por 3 meses.

No comentário em questão, a hater disse que Wesley Safadão não seria o pai de Dom, caçula do casal – o cantor também é pai de Ysys, de 4 anos, e Yhudy, de 7 anos e fruto de seu relacionamento anterior com Mileide Mihaile. (MSN)