Joelma decidiu abrir o jogo sobre a separação de Ximbinha. A cantora relembrou as agressões que sofreu do ex, e contou o que a motivou a pedir o divórcio.

“Passei a temer pelos meus filhos. Pelas consequências que eles podiam ter por assistir à violência. Já estava cansada também e a história da traição foi como a última gota”, disse à revista “Marie Claire”.

A artista também afirmou que não apanhava por ciúme. “Em dois anos de relação [no ano de 2000], ele me bateu no rosto e fiquei com o olho inchado. Não sei te dizer nem por que aquilo aconteceu.”

E continuou: “Na mesma hora falei que não queria mais. Me tranquei em um quarto de hotel em Belém [no Pará] e fiquei três dias sem sair. Eu estava com medo e teria muita vergonha se vissem meu rosto coberto por hematomas”.

Em determinado momento, a famosa resolveu tentar se defender do marido por conta própria. “Comprei uma máquina de choque. Andava com ela na bolsa. Depois dela ele nunca mais bebeu perto de mim. Não cheguei a precisar usar com ele”, contou.

Vale lembrar que Joelma tinha 23 anos quando conheceu Ximbinha. Os dois foram casados por 18 anos e são pais de Yasmin, de 14. Além da menina, a cantora é mãe de Natalia, de 19, e Iago, de 23, frutos de dois relacionamentos anteriores.

(MSN)