????????????????????????????????????
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Teve início ontem (17/3), os Jogos Amistosos Indígenas de Futebol, na Minivila Olímpica do Coroado, zona Leste. O evento continua nos próximos dois sábados, dias 24 e 31/3, e busca valorizar e divulgar a cultura indígena por meio do esporte. A programação é realizada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel).

Mais de 600 pessoas prestigiaram as atividades de abertura dos Amistosos Indígenas de Futebol e puderam acompanhar os jogos e ficar por dentro da cultura indígena que montaram espaços na quadra coberta da Minivila para apresentar os seus costumes, danças e comidas típicas.

“Eventos como este aqui são um estímulo que valorizam o histórico cultural do nosso povo, por meio do esporte. E essa é uma das recomendações do prefeito Arthur Virgílio Neto, de continuarmos trabalhando pelo bem-estar da população de Manaus”, ressaltou o secretário da Semjel, João Luiz.

????????????????????????????????????

O cacique Castele Baré, cujo a pronunciação em língua indígena é Cilcy Penaiytik Oyukk, 57, afirmou que este amistoso serve para unir as etnias que estão distantes. “Esse é o primeiro amistoso que acontece e eu estou muito feliz pois isso serve para unir as etnias que estavam longes e assim proporcionar união entre elas”, afirmou.

Para o cacique da etnia karapanã kayvan Massamé, em língua indígena, Jolson Paulino, 42, o amistoso ajuda a divulgar a identificação para futuros atletas indígenas e prepará-los para a copa indígena. “Esse amistoso serve para treinar todas as etnias e torná-los profissionais para participar da copa indígena que ainda não tem data marcada”, ressaltou.

O coordenador do gabinete do prefeito, Mário Barros, destacou que a Prefeitura de Manaus trabalha pela inclusão dos indígenas na sociedade. “É com grande satisfação que a prefeitura está ajudando na inclusão deles na sociedade e fazendo com que a população conheça sua cultura. Esse amistoso não é uma competição, mas sim uma apresentação deles para a sociedade”, observou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •